Consumo mundial de carne bovina deve alcançar novo recorde em 2021

 Consumo mundial de carne bovina deve alcançar novo recorde em 2021

Preço da carne, que estava em queda de 0,08% em janeiro, aumentou 1,72% em fevereiro. — Foto: AMANDA PEROBELLI/Reuters

O consumo mundial de carne bovina deve alcançar novo recorde em 2021, acima de 60,0 milhões de toneladas em equivalente carcaça. O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA, na sigla em inglês) revisou para cima em abril de 2021 a expectativa do consumo mundial de carne bovina para o ano.

Em 2021 o consumo mundial de carne bovina deve somar o equivalente a 60,04 milhões de toneladas que, se confirmado, representa um ganho de 1,6% em relação ao consumo observado em 2020 (59,06 milhões de toneladas). O consumo de carne bovina deve crescer quase 1 milhão de toneladas em equivalente carcaça de 2020 a 2021.

É importante destacar que o aumento do consumo mundial de carne bovina tem sido principalmente impulsionado pela demanda chinesa. O consumo de carne bovina na China deve somar 10,08 milhões de toneladas em equivalente carcaça, alta de 6,3% frente a 2020 (9,48 milhões de toneladas) e atrás apenas dos Estados Unidos, maior consumidor mundial, com perspectiva de demanda de 12,52 milhões de toneladas.

Entre 2017 e 2021 o crescimento esperado do consumo de carne bovina chinês é de 39,4%, variando de 7,23 milhões de toneladas a 10,08 milhões de toneladas.

Brasil

E ao contrário da China, o consumo de carne bovina no mercado interno brasileiro segue caindo e em 2021, informa a FarmNews. O registro negativo, apesar da leve recuperação frente a 2020, deve seguir abaixo do que foi observado entre os anos de 2017 a 2019. A expectativa é que o consumo de carne bovina no Brasil some 7,73 milhões de toneladas, valor abaixo do recorde observado em 2019, de 7,93 milhões de toneladas.

Além do Brasil, o consumo de carne bovina na UE tem caído, ainda que ligeiramente. Isso porque em 2021 é esperado uma demanda total de 7,69 milhões de toneladas, o menor valor ao longo dos últimos 5 anos.

Mas com a perspectiva de aumento no consumo de carne bovina no mundo, as exportações devem alcançar nova máxima histórica em 2021, o que reflete na expectativa de forte aumento das vendas pelo Brasil.

Por Acrimat

Digiqole ad

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *