Embaixadora do prêmio “Mulheres do Agro” é reconhecida por dar voz à gestão feminina no campo

 Embaixadora do prêmio “Mulheres do Agro” é reconhecida por dar voz à gestão feminina no campo

(Foto: reprodução)

Fisioterapeuta há 13 anos, Geni Schenkel deixou de lado a profissão para levantar a bandeira do agronegócio. Em 2017, se juntou ao seu esposo, Alexandre Pedro Schenkel, na gestão da fazenda, que produz algodão, soja, milho e feijão no cerrado do Mato Grosso.

Natural do município de Dom Aquino (MT), desde 2018, Geni comanda o Agroligadas, um grupo com mais de 500 mulheres – entre esposas, filhas de produtores rurais, sucessoras, técnicas e agrônomas – de 30 cidades do Brasil.

“Na época, meu marido tinha acabado se assumir a presidência da Associação Mato-Grossense dos Produtores de Algodão (AMPA), e, por isso, comecei a participar mais das discussões do agronegócio e conhecer outras mulheres que atuavam no setor. Sem dúvida, foi aí que conheci trabalhos incríveis liderados por elas no campo e que não tinham voz dentro de um turbilhão de informações sobre este mercado”, comenta Geni.

Foi assim, como que por acaso, que surgiu o Agroligadas. Um movimento independente, que deseja aproximar o campo e a cidade, por meio de ações apoiadas à educação e comunicação.

“Eu havia idealizado uma reunião com esposas de produtores. Esperava 20 mulheres e recebi 40 participantes logo no primeiro encontro. No dia, eu levei algumas palestrantes para falar sobre o setor e percebi que muitas mulheres eram apaixonadas pelo agro, que queriam, de alguma forma, ir além das suas atribuições cotidianas. Com o Agroligadas queremos mostrar como o agro é. A realidade dele. Com o objetivo de contribuir para uma cultura positiva do setor”, explica Schenkel.

O grupo, que começou com 40 integrantes, em poucos meses, já passava de 100. “Ficamos tão empolgadas que nos organizamos para ir ao Congresso Nacional das Mulheres do Agro, em São Paulo, para dar continuidade as ondas de palestras que tínhamos começado com o grupo. Conseguimos um patrocínio para algumas camisetas, com o nome Agroligadas, e levamos mais de 30 participantes para o evento”, reforça a produtora.

Este ano, Geni Schenkel também passou a exercer um papel fundamental no Prêmio Mulheres do Agro 2020. Por ser uma das embaixadoras da premiação, ela agora tem como meta estimular a participação de outras produtoras rurais na premiação, dando voz aos trabalhos sustentáveis que as gestoras de fazendas estão desenvolvendo no campo. A terceira edição da iniciativa está com inscrições abertas até o dia 15 de setembro no site http://www.premiomulheresdoagro.com.br .

“Ser Embaixadora do Prêmio me proporcionou muita alegria e gratidão por entender que receber esse título é um reconhecimento pelo trabalho que venho desempenhando com as Agroligadas. Duas integrantes da nossa diretoria foram convidadas para participar deste time: além de mim, temos também a Dulce Chiochetta, que é responsável pela frente de educação do grupo. Sem dúvida, esse título nos faz acreditar que podemos incentivar muitas mulheres a contar as suas histórias incríveis e mostrar o trabalho lindo que fazemos dentro do agronegócio. Precisamos mostrar ao mundo que somos produtores de alimento e cuidadores do meio ambiente também. E essa ação faz isso muito bem”, finaliza Geni.

(Matéria:Revista Press)

Digiqole ad

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *