Mato Grosso registra prejuízo diário de US$ 4 milhões com a suspensão temporária da China

 Mato Grosso registra prejuízo diário de US$ 4 milhões com a suspensão temporária da China

Foto: CNA/Divulgação

O prejuízo decorrente da suspensão das vendas de carne bovina para a China é de US$ 4,4 milhões por dia útil, de acordo com levantamento divulgado pelo Instituto Mato-grossense da Carne (Imac), que considerou a estimativa de comercialização nos 10 dias úteis deste mês de outubro.

A suspensão temporária dos embarques da carne brasileira para a China devido a questões sanitárias ocorre desde o início de setembro. O país asiático é o principal destino da proteína mato-grossense.

Caso a produção não seja destinada a outros mercados, o impacto gerado no mês de outubro, considerando o ritmo das exportações neste ano, indica uma perda de faturamento com as exportações de até US$ 88,17 milhões somente para Mato Grosso.

De acordo com o Imac, os dados preliminares da Secex referente aos 10 dias úteis deste mês apontam uma redução de 30,19% no valor diário movimentado pelas exportações de carne bovina para todos os países. Em relação ao volume, a queda é de 43% por dia, considerando o mesmo período. Esses números já refletem o “efeito China”.

“No Brasil, até o momento a perda foi de 10,4 milhões de dólares por dia útil e 42% desta receita seria de Mato Grosso. A suspensão está trazendo prejuízos não só para a indústria, no campo a arroba do boi já caiu cerca de 20% nas últimas semanas ”, disse Bruno Andrade, diretor de operações do Imac.

Com informações do IMAC

Digiqole ad

Elloise Guedes - Mais Que Fato

https://maisquefato.com.br/

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *