Helder Caldeira

A estética dos espertalhões

O Supremo Tribunal Federal tornou-se um circo de palhaços enlutados, um cenário onde a desonra e a indignidade parecem enraizadas, um espetáculo grotesco protagonizado por falsos vestalinos escondidos sob esvoaçantes togas de seda negra. Não há que se falar em Ética, conceito apartado aos que insistem trajar colarinho branco. É uma questão de estética. Por […]Read More

O silêncio de Bolsonaro e os chatos do apocalipse

HELDER CALDEIRA* Nunca foi tão fácil ser chato no Brasil. Com os principais líderes de esquerda, centro-esquerda e centro mofando em xilindrós frios após condenações severas e/ou respondendo a inúmeros processos na justiça criminal pelos mais variados crimes contra o patrimônio e os cofres públicos, além de um portentoso rechaço verificado nas urnas de 2018, […]Read More

A tragicômica amnésia da esquerda

HELDER CALDEIRA* A estreia internacional do presidente Jair Bolsonaro revelou bem mais do que sua capacidade de quebrar protocolos oficiais, despistar a imprensa e ir almoçar num self-service de supermercado, ou sua emoção legítima ao discursar, agora na condição de Chefe de Estado, para uma miríade de líderes, investidores, empresários e jornalistas dos quatro cantos […]Read More