Coletivo Spectrolab apresenta espetáculo virtual de formas inanimadas

 Coletivo Spectrolab apresenta espetáculo virtual de formas inanimadas

O Coletivo Spectrolab exibe nos dias 26, 27 e 28 de março, às 19h, no canal no YouTube do grupo, o espetáculo ”Ensaios com Ela”. Utilizando técnicas do teatro de formas animadas, a apresentação foi adaptada em formato de vídeo para que o público pudesse acompanhar cada detalhe respeitando todas as normas de biossegurança e distanciamento social. No último dia de exibição (28), às 19h20, o Coletivo fará um Bate-Papo no perfil oficial no Instagram com os idealizadores da obra. A produção tem duração de 10 minutos e ficará disponível durante o período de uma hora após a estreia, para acesso livre. A peça é um dos projetos contemplados em edital da Lei Federal Aldir Blanc, executada pela Secretaria de Cultura, esporte e Lazer, com apoio do Conselho Municipal de Política Cultural de Cuiabá.

Diante da distância de uma tela, que separa o Coletivo Spectrolab de todo o público, os espectadores poderão acompanhar a jornada de um artista em construir sua obra. No trajeto, o que ele constrói é contestado, abandonado, por fim revivido e reconciliado.

Para o idealizador da apresentação e manipulador da boneca ”Ela”, Douglas Peron, o espetáculo busca abordar os processos internos de uma criação artística. ”O espetáculo explora esses processos que a gente passa durante uma criação em arte, sempre se utilizando da memória como um elemento que guia toda a manipulação e composição da cena. a tela veremos criatura e criador, alma e vaso, corpo e animação”, disse o ator.

Ainda de acordo com Douglas, o apoio da Lei foi fundamental para o desenvolvimento do projeto. ”O apoio da Lei Aldir Blanc neste projeto é uma oportunidade para ter este tipo de trabalho vinculado na mídia e acessando novos públicos, especialmente o público jovem”, finalizou.

Além de Peron, também assinam o trabalho a atriz, diretora e membro do Coletivo Spectrolab, Millena Machado, e o ator, escritor, e parceiro do Coletivo, Caio Ribeiro. Outros artistas também compuseram o trabalho, como o sonoplasta Guto Krebs, o profissional do audiovisual, Marcelo Sant’Anna, a iluminadora, Karina Figueredo e outros.

SOBRE O COLETIVO

O Coletivo Spectrolab, atualmente, é um dos únicos coletivos ou grupos de artistas de Cuiabá que se dedica somente a essa linguagem do teatro de animação. Os artistas do coletivo se acreditam na formação em técnicas ligadas a esta linguagem artística bem como a criação de produtos artísticos como forma de valorização e incentivo à formação de outros profissionais que atuam na área cultural.

Seus integrantes possuem mais de 10 anos de experiência em confecção e manipulação de bonecos, máscaras, sombras e outros objetos. O Coletivo ocupa um espaço na cena artística cuiabana que possibilita a geração de novas formas de criar e propor linguagens artísticas em diálogo com questões da atualidade.

Para conhecer mais sobre o Coletivo, acesse as redes sociais oficiais do grupo, clicando aqui.

Com assessoria

Digiqole ad

Elloise Guedes - Mais Que Fato

https://maisquefato.com.br/

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *