Após confirmação de Copa, Emanuel Pinheiro pede imunização em massa e é destaque na CNN e Folha de São Paulo

 Após confirmação de Copa, Emanuel Pinheiro pede imunização em massa e é destaque na CNN e Folha de São Paulo

Foto: Luiz Alves

O prefeito Emanuel Pinheiro foi destaque em veículos de comunicação de nível nacional nesta quarta-feira, 02, após se pronunciar contrário à realização Copa América em Cuiabá. Em entrevista ao jornal Folha de São Paulo e ao canal de televisão CNN Brasil, Pinheiro reiterou seu descontentamento em relação à realização deste evento na capital mato grossense que, como todo o resto do país, ainda sofre com a pandemia do coronavírus.

“Nesse momento é desaconselhável um espetáculo da envergadura de uma Copa América em Cuiabá, especialmente porque não sabemos ao certo como será a movimentação. Fomos avisados dessa decisão nas últimas 24 horas pelo Governo Federal. A decisão da realização da Copa América em Cuiabá não é de responsabilidade do município, é do Governo Federal, Confederação Brasileira de Futebol e Governo do Estado. Se dependesse do município de Cuiabá, nós seríamos contra. Mas como já houve a decisão temos agora que tomar todas as medidas de precaução para proteger a saúde e a vida das pessoas”, afirmou o prefeito.

Diante da imposição da realização da Copa América em Cuiabá, Pinheiro revelou aos veículos de comunicação que vai solicitar ao Governo Federal, por intermédio do deputado Emanuel Pinheiro Neto, que o município receba 670 mil doses de vacina para a imunização da população inteira da capital de uma só vez.

“Queremos nos certificar que o protocolo e as medidas de biossegurança serão rigidamente respeitados. Também pleiteamos que as cidades escolhidas sejam beneficiadas com mais vacinas. Falando especificamente por Cuiabá, queremos que o Governo Federal encaminhe vacinas em massa. O deputado federal Emanuelzinho já está em articulação com a presidência da República, inclusive já tem uma agenda marcada com o General Ramos, que responde pela chefia da Casa Civil. Também levamos essa preocupação à CBF, que prometeu ajudar e esperamos para os próximos dias a definição de quantas vacinas serão enviadas para Cuiabá imunizar a sua população. Já fiz o levantamento e encaminhei o que precisamos. Para imunizar toda a população cuiabana precisamos de 670 mil doses de vacina. Cuiabá merece isso, tendo em vista que foi escolhida, sem ter o direito de opinar para ser sede da Copa América”, ressaltou o gestor.

Para ele, o recebimento de doses de vacina para toda a população é a única forma de compensar Cuiabá pela realização de um evento de grande porte em um momento tão inoportuno. “Temos uma assombração, uma ameaça de terceira onda, temos visto variantes que a toda hora são anunciadas que estão chegando ao Brasil. Então eu penso que a melhor forma de dar segurança e uma estabilidade até emocional para a população é os gestores, de uma forma geral investirem toda sua energia na vacinação da população e na conscientização da necessidade de enfrentarmos com muita determinação e com eficiência a Covid-19”, concluiu o prefeito.

Digiqole ad

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *