Depois de dias sem ‘empolgação’ com candidatos, Botelho declara apoio a Carlos Fávaro

 Depois de dias sem ‘empolgação’ com candidatos, Botelho declara apoio a Carlos Fávaro

(Foto: reprodução/assessoria)

Depois de bater na tecla que não tem preferência a candidato ao Senado da República por não apresentarem uma “empolgação”, o presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), deputado Eduardo Botelho (DEM), declarou o seu apoio a candidato a senador, como também para prefeito e vereador. A declaração foi feita em reunião política na noite dessa terça-feira (10).

“Eu confio em vocês, eu tenho certeza de que vocês vão fazer uma grande votação para o Welson [candidato a vereador], pra Roberto França [candidato a prefeito de Cuiabá] e pro senador Carlos Fávaro [candidato ao Senado]”.

Desde o início da campanha, Botelho vem resistente a apoiar qualquer candidato ao Senado da República. Porém, decidiu liberar todos os candidatos a vereador de sua base de apoiadores para que aderissem à candidatura de Fávaro à reeleição para o Senado. Durante o evento, no entanto, surpreendeu muita gente ao estimular abertamente o pedido de votos.

Para Fávaro, é um voto de confiança do parlamentar e comentou que seu voto é “precioso”.

“É precioso para nós esse reconhecimento do deputado Eduardo Botelho. Eu tinha confiança de que poderia convencer o deputado sobre o meu perfil de trabalho. Eu tenho, por exemplo, o apoio da Federação dos Trabalhadores da Agricultura de Mato Grosso, a Fetagri, justamente em função do meu histórico de assentado da reforma agrária e por nunca ter deixado de batalhar pelo pequeno produtor e pela agricultura familiar. Acredito que isso tenha feito diferença”, disse Fávaro.

Fávaro tem o apoio declarado do governador Mauro Mendes (DEM), do ex-governador e ex-ministro Blairo Maggi, além de deputados federais, estaduais, prefeitos, inúmeros vereadores e lideranças políticas. Primeiro colocado nas intenções de voto segundo a pesquisa CNN / Real Time Big Data, também foi citado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) como um dos ‘bons nomes’ para o Senado, durante conversa pessoal com Mauro Mendes.

Digiqole ad

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *