Mendes confirma que segundo lote da vacina de imunização deve chegar ainda em janeiro

 Mendes confirma que segundo lote da vacina de imunização deve chegar ainda em janeiro

(Foto: Roger Perisson)

O governador Mauro Mendes (DEM) afirmou, na noite dessa segunda-feira (18), durante cerimônia em que os primeiros mato-grossenses foram vacinados contra a Covid-19 em nosso estado, que a previsão para a chegada do 2º lote de vacinas é ainda este mês.

O primeiro lote de vacina para imunização do vírus que se arrasta pelo mundo, com 126 mil doses, chegou de São Paulo na noite dessa segunda-feira, logo em seguida foi realizada uma cerimônia para registrar os primeiros cidadãos mato-grossenses a serem vacinados.

De acordo com o governador, ainda não há data definida para a entrega dos novos lotes, porém, a expectativa é que não passe desse mês.

“Eu acredito que essa etapa marca o início de uma virada de página. Ainda não temos a data dos novos lotes, mas temos a expectativa de que até o final do mês receberemos mais uma remessa”, afirmou.

Mesmo com a vacina, o governador pediu que a população continue tomando os cuidados necessários para evitar a disseminação do vírus.

“Temos um longo caminho pela frente. Por isso é importante que todos continuem a tomar as medidas farmacológicas para evitar a transmissão pelo coronavirus”, recomendou.

Entenda o plano de vacinação

Na oportunidade, Mendes comentou sobre as fases de vacinação, sendo que agora, na primeira, devem ser vacinados apenas profissionais da saúde, mato-grossenses a partir dos 75 anos e acima de 60 anos que vivem em instituições de longa permanência, como asilos e clínicas psiquiátricas, além dos indígenas que vivem em aldeias.

Na segunda fase, serão vacinados aqueles de 70 a 74 anos, de 65 a 69 anos e os idosos entre 60 e 64 anos.

Já a terceira fase vão ser as pessoas com as seguintes comorbidades: diabetes mellitus, hipertensão arterial grave, doença pulmonar obstrutiva crônica, doença renal, doenças cardiovasculares e cerebrovasculares, indivíduos transplantados de órgão sólido, anemia falciforme, câncer e obesidade grave.

E a quarta fase vai imunizar os professores, profissionais das forças de Segurança e salvamento, funcionários do sistema prisional e a população privada de liberdade.

Digiqole ad

Claryssa Amorim - Mais Que Fato

http://www.maisquefato.com.br

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *