“Mendes deixou um terreno cheio de mato para obra do HMC”, diz secretário de Cuiabá

 “Mendes deixou um terreno cheio de mato para obra do HMC”, diz secretário de Cuiabá

(Foto: reprodução)

O ex-secretário municipal de Planejamento, Jesus Lange Adrien Neto, o ‘Zito Adrien’, contestou a fala do secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, sobre “Mauro Mendes ter iniciado a obra do Hospital Municipal de Cuiabá (HMC)”. Conforme ele, a gestão atual recebeu apenas um “desenho e um terreno cheio de mato”.

“A ideia foi do Mauro, foi do Wilson Santos, Roberto França e de outros passados. Todos tinham apenas idéias, mas, foi Emanuel quem realizou o sonho da população. Nesta gestão deixou de ser ideia. Era um terreno abandonado, sem dinheiro pra fazer a obra. Mauro não deixou um real no orçamento para ser investido na saúde. Não deixou nem mesmo para a reforma do antigo Pronto Socorro de Cuiabá”, disparou o ex-secretário de Orçamento.

Zito lembra que devido à articulação política de Emanuel em Brasília, foi possível obter recurso para construção do novo Pronto Socorro, através do programa ‘Chave de Ouro’, que destinou R$ 100 milhões, período do ex-presidente Michel Temer e também junto a bancada federal.

O secretário aproveitou para revelar que a gestão passada deixou muitas obras inacabadas, como UPAs, PSFs e Unidades  Básicas de Saúde, para depois usar esse discurso. “ Iniciaram várias obras pra usar esse discurso de pai da obra. Mas a realidade é que Mauro Mendes sabe o quão complicado é conseguir estruturar as unidade de saúde. Fazer pilares é fácil, o difícil é concluir e equipar”, disparou Zito lembrando que o Metropolitano, um hospital pronto, ao qual o Governo do Estado resolveu reformar, “encheu de água com a primeira chuva que recebeu  após a reforma”.

Por fim, Adrien comentou sobre os atrasos nos repasses para Saúde da Capital, que atualmente está em torno de R$ 60 milhões.  “É dinheiro da Saúde, do povo, mas Mauro Mendes acha que é um dinheiro privado. Cuiabá se vira para atender todo estado. E ele, parece que por birra de não querer que Emanuel  termine essa gestão com uma boa aceitação, com alto índice de aprovação tenta a todo tempo atrapalhar”, finalizou.

Digiqole ad

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *