Morre aos 72 anos Clóvis Irigaray, referência da arte moderna mato-grossense

 Morre aos 72 anos Clóvis Irigaray, referência da arte moderna mato-grossense

Foto: Divulgação

O artista plástico mato-grossense, Clóvis Irigaray, morreu aos 72 anos, na manhã deste sábado (3). Irigaray é um dos maiores nomes da arte moderna. Conforme as informações, ainda não se sabe a causa da morte.

O artista é natural do município de Alto Araguaia e sustentava uma carreira de mais de 40 anos de muitos trabalhos e sucesso. As obras de Clóvis tinham como marca registrada a figura indígena, retratada como elemento de protesto.

Reconhecimento pelo trabalho de Irigaray é tamanho que, em 2013, foi nomeado Embaixador das Artes pela Academia de Artes, Letras e Cultura e convidado para expor suas obras no Museu do Louvre, em Paris (FRA).

Também já foi figura presente na Bienal de São Paulo, Salão Nacional da Arte Moderna do Rio de Janeiro e Museu de Arte e Cultura Popular, da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), lamentou a morte do artista. O gestor desejou os pêsames para toda família e amigos de Irigaray.

“A arte mato-grossense uma de suas grandes referências que, com toda certeza, deixa o seu nome marcado na história. Esse é um momento de tristeza para todos que admiravam seu trabalho e, principalmente, para os familiares e os que eram mais próximos. Por isso, meu desejo é que Deus conforte a todos nesse momento de dor”, declarou Pinheiro.

A Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer de Cuiabá também manifestou extremo pesar pelo passamento do grande artista Clóvis Irigaray. “Sua arte, genuína e singular, revela seu talento e atitude irrevente, com as quais definiram sua vitoriosa trajetória. Seu falecimento representa grande perda para as artes visuais e para cultura mato-grossense. Apresentamos nossas profundas condolências e votos que Deus a ampare a família enlutada”.

O governador de Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM) e a primeira dama Virginia Mendes, também emitiram uma nota de pesar pela morte de Clóvis.

“Recebemos a notícia com muita tristeza. Mato Grosso perde hoje um de seus maiores artistas. Estendemos nossa solidariedade a todos os familiares, amigos e aqueles que, assim como nós, eram admiradores do trabalho do Irigaray”, lamentaram o governador Mauro Mendes e a primeira-dama Virgínia Mendes.

Digiqole ad

Roger - Mais Que Fato

http://www.maisquefato.com.br

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.