OAB Direciona Campanha Em Defesa Das Prerrogativas Das Mulheres Negras Advogadas

 OAB Direciona Campanha Em Defesa Das Prerrogativas Das Mulheres Negras Advogadas

(Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

A OAB Nacional, por meio das Comissões Nacionais da Mulher Advogada (CNMA) e de Promoção da Igualdade (CNPI), lançou no começo de agosto, uma campanha de defesa das prerrogativas das mulheres negras advogadas. O objetivo da ação é mostrar a importância da luta das advogadas e das mulheres negras para a advocacia e para a sociedade brasileira, ampliando o debate sobre a questão e reforçando também a discussão sobre a importância da diversidade nas instituições.

Ao longo do mês de agosto, mês da advocacia, as redes sociais da OAB Nacional irão publicar depoimentos e postagens com informações sobre a luta das mulheres negras advogadas. Serão relatos emocionais, retratando situações de abusos e violações das prerrogativas, informando os problemas ao público e reforçando a defesa das prerrogativas das mulheres negras advogadas.
A ideia é mostrar a trajetória de luta das mulheres negras na história do Brasil, contra o desrespeito, o preconceito e a discriminação. Na advocacia não foi diferente. São inúmeras histórias de luta por igualdade e superação de desafios. A campanha também reforça os canais de atendimento da Ordem na defesa das prerrogativas. A advogada que tenha sua prerrogativa violada pode procurar a Comissão Nacional de Defesa das Prerrogativas e Valorização da Advocacia ou Comissão de Defesa de Prerrogativas e Valorização da Advocacia de sua própria seccional e se a violação ocorrer em Processos Judiciais pode acionar a Procuradoria Nacional de Defesa das Prerrogativas do Conselho Federal ou a procuradoria da OAB do seu estado.
O Conselho Federal da Ordem conta também com o Canal Prerrogativas, que pode ser feito por meio do site www.prerrogativas.org.br.

Ariane Pio
Da Reportagem Local

Notícias relacionadas