Obra promove verdadeira transformação e Creas Norte é entregue à população

 Obra promove verdadeira transformação e Creas Norte é entregue à população

Crédito: Luiz Alvez

O Município conta com duas unidades, sendo uma na região da Morada do Ouro e outra na região central da Capital

CAROLINA MIRANDA

Considerada como porta de entrada no atendimento à população em situação de rua, o Centro de Referência Especializado (Creas) Norte, localizado no bairro Morada do Ouro, passou por reforma e revitalização completa da unidade. O prefeito Emanuel Pinheiro realizou mais essa entrega na manhã desta sexta-feira (14), por meio de um ato simbólico, a fim de evitar aglomeração, por conta do enfrentamento ao novo coronavírus.

Essas unidades atendem todos os casos relacionados à violação de direitos, como abuso de menores, violência contra mulheres e à população em situação de rua. Todas as ações desenvolvidas pela Secretaria de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência são amparadas pela primeira-dama Márcia Pinheiro.

“Essa é uma unidade de extrema importância na área social do Município. É onde as pessoas em grau elevado de vulnerabilidade social recebem todo suporte. Então, nada mais justo, tanto para as pessoas que utilizam os serviços quanto para os servidores, oferecer um local adequado, com salas climatizadas e amplos espaços para atendimento. Esse é o nosso compromisso, além de respeito à dignidade humana”, disse o prefeito.

A revitalização do espaço conta com todo equipamento mobiliário, salas de multiuso, refeitório, cozinha, sala administrativa, recepção, área para funcionários e banheiros (feminino e masculino). O Creas tem papel fundamental na atuação voltada à população em situação de rua. O Município conta com dois Centros de Referência Especializado, sendo um na região da Morada do Ouro e outro na região central da Capital.

O Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) é uma unidade pública da política de Assistência Social e que atende famílias e indivíduos em situação de risco pessoal ou social e que vivenciam situações de violação de direitos, segundo o Ministério do Desenvolvimento Social.

O Creas trabalha com pessoas em que o risco já se instalou, tendo seus direitos violados, sendo vítimas de violência física, psíquica e sexual, negligência, abandono, ameaças, maus tratos e discriminações sociais.

Notícias relacionadas