Organização Pan-Americana de Saúde elogia medida restritiva precoce adotada pela gestão municipal

 Organização Pan-Americana de Saúde elogia medida restritiva precoce adotada pela gestão municipal

As ações desenvolvidas no âmbito da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), em Cuiabá, frente a pandemia da Covid-19 foram apresentadas, na manhã desta terça-feira (06), aos técnicos da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), unidade parceira do Ministério da Saúde, do Governo Federal e da Organização Mundial da Saúde (OMS). O objetivo do encontro é conhecer a dinâmica adotada na capital de Mato Grosso.

A comitiva da Opas é composta por médicos infectologista, profissionais epidemiológicos e representantes do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems). A cidade de Cuiabá é só mais um município visitado por membros da Opan, que já esteve também nos estados do Maranhão, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Norte e Rio de Janeiro.

Uma das ações apontadas no encontro foi a rapidez com que o executivo municipal determinou normas de isolamento social para evitar a propagação da doença. Segundo o consultor nacional da Opas, Rodrigo Said, tal medida é fundamental para conter a transmissão de doenças respiratórias.

“A nossa organização ela recomenda a adoção dessas medidas de acordo com o cenário epidemiológico e os estudos tem demonstrado que essas medidas tem um impacto importante na redução de casos quando são adotadas no momento apropriado. Esta foi uma orientação geral para todos os municípios. As medidas relacionadas ao distanciamento elas são fundamentais para conter e apoiar a queda da cadeia de transmissão”, enfatizou.

O prefeito Emanuel Pinheiro decretou, em março passado, no início da pandemia, medidas restritivas voltadas ao funcionamento do comércio e do tráfego de pessoas em espaços públicos.

A assessora de Planejamento da Secretaria Municipal de Saúde, Nilva Maria Fernandes de Campos, disse que a medida adotada pelo executivo municipal de maneira precoce foi exitosa e necessária para o momento enfrentado. “O prefeito tomou a decisão de fechar as atividades no início da pandemia e isso fez com que a rede de saúde se preparasse para o cuidado em saúde, além de reduzir um pouco a transmissão da Covid-19”, pontuou

Enfrentamento

Ainda segundo o consultor da Opas, Rodrigo Said, a proposta do encontro desta terça-feira tem como objetivo conhecer a atuação da capital frente a pandemia da Covid para buscar um alinhamento nas ações e compartilhar soluções exitosas de outras regiões.

“O objetivo desta atividade que estamos desenvolvendo junto ao município é para fazer uma revisão dos sistemas de preparação e respostas as emergências em saúde pública, neste caso da Covid. Funciona como uma troca de experiência entre profissionais de diferentes áreas para identificação de boas práticas neste sistema de preparação e resposta, como também a indicação de algumas oportunidades de melhoria. É um trabalho que a Opas está desenvolvendo em parceria com o Ministério da Saúde”, frisou.

Os atendimentos públicos da rede de saúde para pacientes de internação de enfermaria e UTI, óbitos e imunização foram apresentados durante o encontro, que foi realizado no Hotel Deville, em Cuiabá. A partir desta quarta-feira (07), outros municípios do estado serão visitados.

Digiqole ad

Claryssa Amorim - Mais Que Fato

http://www.maisquefato.com.br

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.