Prefeito mantém ensino on-line na rede municipal de educação com nova alta de risco de contágio da Covid-19

 Prefeito mantém ensino on-line na rede municipal de educação com nova alta de risco de contágio da Covid-19

As aulas na rede municipal de ensino continuarão sendo realizadas de maneira remota. O anúncio foi feito pelo prefeito Emanuel Pinheiro na manhã desta quinta-feira (27), durante inauguração do Centro de Atendimento ao Autista, no bairro Santa Cruz II (Regional Sul). As aulas na modalidade híbrida  seriam retomadas no dia 1º de junho na rede municipal de ensino, mas diante do aumento dos casos de COVID-19 e elevação do risco de contágio na capital, o gestor resolveu por adiar o retorno e manter as crianças e professores em casa.

“Uma coisa é certa, as aulas híbridas na rede municipal de ensino não começam na próxima terça-feira, 1º de junho como estava previsto. Vamos continuar investindo nas atividade remotas e manter nossas crianças e profissionais da educação em segurança neste momento de nova alta no risco de contágio em Cuiabá. A gestão Emanuel Pinheiro sempre colocou a saúde e o bem-estar das pessoas em primeiro lugar e agora não será diferente. Precisamos agir com precaução e responsabilidade para garantir a segurança de nossas crianças e professores”, disse o prefeito de Cuiabá. Um novo decreto será reformulado pela Prefeitura de Cuiabá até a segunda-feira (1).

Segundo levantamento da Secretaria Municipal de Educação, 86,75% dos 54.018 estudantes matriculados na rede pública municipal de Ensino de Cuiabá estão sendo atendidos por meio de ferramentas digitais e/ou através de atividades físicas.

De acordo com a secretária Educação, Edilene de Souza Machado, desde que as atividades presenciais na rede pública municipal foram suspensas, em março de 2020, os profissionais da Educação vem buscando alternativas para a continuidade do processo de ensino e aprendizagem, de forma remota, na modalidade ensino a distância, ou por meio de apostilas impressas.

Assim, foram criados grupos de whatsapp, onde os estudantes recebem os conteúdos e os pais podem buscar orientações, além de outras plataformas digitais entre elas o @portaldaescolacuiabana no YouTube, onde as aulas gravadas estão disponíveis. Para os estudantes que têm dificuldades com sinal de internet, periodicamente são entregues apostilas e ainda os kits pedagógicos com material estruturado de programas específicos como o da Escola da Inteligência, de Alfabetização (ProAC) e de Melhoria da Proficiência (PROMP), além do kit de material escolar. (Com Prefeitura de Cuiabá)

Digiqole ad

Elloise Guedes - Mais Que Fato

https://maisquefato.com.br/

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *