Prefeito sanciona lei que reconhece atividade religiosa como essencial

 Prefeito sanciona lei que  reconhece atividade religiosa como essencial

O prefeito Emanuel Pinheiro sancionou nesta terça-feira (13), a lei 6663/2021 de autoria do vereador Renivaldo Nascimento (PSDB), que reconhece a atividade religiosa como essencial em tempos de crises sanitárias, como a pandemia da covid-19.

Na última sexta-feira (9), o prefeito já havia liberado as atividades religiosas de forma presencial, de segunda a domingo das 5h às 20h30 desde que observados os protocolos de convivência e de distanciamento social com limitação de 30% (da capacidade do local).
“Respeitando todas as medidas de biossegurança, como distanciamento, uso de máscara e álcool em gel, iremos conter o avanço da pandemia. Peço que todos líderes religiosos fiquem atentos a isso, para que possamos enfrentar juntos a maior  crise sanitária. E com fé em Deus iremos conseguir”, comentou o prefeito.
O autor do projeto, vereador Renivaldo destaca que: “neste momento, os templos podem e devem estar abertos para um aconselhamento individual, oração, doação de alimentos, cultos, missas, encontros e outras atividades que contribuem com o fortalecimento da fé e equilíbrio emocional das pessoas, bem como a assistência social da população”, disse.
Em outro trecho do projeto,  consta que as instituições religiosas prestam serviços sociais importantes que, em momentos de crise, se tornam essenciais. “Temos visto nos últimos tempos em todas as catástrofes naturais, os templos religiosos participarem colaborativamente na arrecadação e distribuição de alimentos, água, roupas e itens de higiene pessoal”, complementou o vereador na justificativa.
Digiqole ad

Elloise Guedes - Mais Que Fato

https://maisquefato.com.br/

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *