Prefeitura de Cuiabá já vacinou quase a metade da população elegível e Pinheiro comemora avanço

 Prefeitura de Cuiabá já vacinou quase a metade da população elegível e Pinheiro comemora avanço

Desde o dia 20 de janeiro até esta quinta-feira (8), 223.860 pessoas já tomaram a primeira dose da vacina contra a covid-19 em Cuiabá, isso representa quase a metade (48,7%) da meta de população vacinável (acima de 18 anos de idade), estabelecida pelo Ministério da Saúde. Com relação à segunda dose ou dose única, 73.864 pessoas já foram contempladas, ou seja, 16% da população elegível.

Até o momento, a Prefeitura de Cuiabá, através da campanha “Vacina Cuiabá – sua vida em primeiro lugar”, recebeu 365.603 doses de vacinas contra a covid-19, sendo 264.296 primeira dose e 101.307 segunda dose. Em termos de aplicação, 81% do total geral de doses já foram aplicadas, 84,7% da primeira dose e 72,9% da segunda dose já foram utilizadas. Sempre é bom lembrar que a aplicação da segunda dose deve respeitar o intervalo específico de cada tipo de imunizante. Para concluir a vacinação da população acima de 18 anos de idade, Cuiabá precisa receber 471.362 doses para primeira e segunda aplicação ou 235.681 vacinas de dose única.

Para o prefeito Emanuel Pinheiro, os dados expressam a pressa que a gestão tem em combater a pandemia, com o método mais eficaz para isso: a vacina. “Não resta sombra de dúvidas que a melhor forma de vencermos a maior crise sanitária da história é através da vacinação em massa. E Cuiabá tem feito o dever de casa, aplicando com celeridade, organização e humanização as doses de vacinas nos braços dos cuiabanos. A nossa meta é chegar o quanto antes a 100% da população adulta vacinada. Temos nos esforçado para acelerar esse processo, inclusive com a solicitação de doses extras junto ao governo federal e estamos confiantes”, disse.

O secretário municipal de Saúde, Célio Rodrigues ressaltou o empenho das equipes que atuam na campanha de imunização e reforçou o pedido para que as pessoas agendadas compareçam aos polos de vacinação com toda a documentação necessária e garantam sua dose de vacina. “Temos um corpo de funcionários extremamente engajados nessa missão de eliminar o risco de contágio pelo coronavírus entre os cuiabanos e, do outro lado, também temos milhares de pessoas ansiosas em se imunizarem, mas ainda temos observado que uma parcela ainda tem deixado passar a oportunidade, seja porque querem escolher a vacina, por não se atentarem aos documentos ou outros motivos que fogem à nossa alçada. Por isso, é importante que todos façam sua parte para juntos vencermos a pandemia”, conclamou.

Em relação aos tipos de vacinas utilizadas na capital de Mato Grosso, 42% foram da Coronavac (125.095 doses), 39,6% da Astrazeneca (118.016 doses), 16,7% da Pfizer (49.654 doses) e 1,7% da Janssen (4.959 doses). (Com assessoria)

Digiqole ad

Roger - Mais Que Fato

http://www.maisquefato.com.br

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.