Stopa avalia como justa e necessária luta de Emanuel e Francisco Vuolo por ferrovia em Cuiabá

 Stopa avalia como justa e necessária luta de Emanuel e Francisco Vuolo por ferrovia em Cuiabá

O vice-prefeito de Cuiabá, José Roberto Stopa, avaliou como justa e necessária a luta pela chegada da ferrovia na Capital, encabeçada pelo prefeito Emanuel Pinheiro e pelo secretário municipal de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, Francisco Vuolo. A afirmação foi feita na terça-feira (20), durante o evento de assinatura do manifesto em apoio à Lei 685/2021, que trata da expansão do sistema no estado de Mato Grosso.

Conforme destacado por Stopa, o ato representa mais uma conquista dentro de uma batalha que há anos vem sendo liderada por Francisco Vuolo, como presidente do Fórum Pró-Ferrovia. Enfatizou ainda que nesse processo, Vuolo ganhou o reforço do prefeito Emanuel Pinheiro, que é o atual presidente do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Econômico e Social do Vale do Rio Cuiabá

“O secretário Vuolo é merecedor de estar coordenando esse processo e essa luta que é extremamente justa e necessária. Ele encontrou no prefeito Emanuel Pinheiro um parceiro ideal para esta luta, na qual também me coloco à disposição. Com toda certeza, estaremos sempre juntos e alinhados, trabalhando para que realmente tenhamos a ferrovia passando por Cuiabá”, disse.

Para o vice-prefeito a passagem da ferrovia por Cuiabá, que é considerada a Capital do Agronegócio, é mais uma ação que ajudará a fortalecer o desenvolvimento econômico da cidade, principalmente no período pós-pandemia. Nesse sentido, ele reforçou acreditar também que, automaticamente, os municípios vizinhos também serão atingidos positivamente e terão o crescimento potencializado.

“É uma estrutura que irá transformar a vida de todos da Baixada Cuiabana. A chegada da ferrovia significa mais qualidade de vida, melhores oportunidades e justiça social. Significa que vamos nos transportar para um outro patamar. Um patamar mais estruturado, que é onde a nossa região merece estar. Por isso, reforço os meus parabéns ao secretário, ao prefeito, e não tenho dúvidas de que esse empenho fará com que esse sonho seja uma realidade”, pontuou.

A extensão dos trilhos será executada via Lei Complementar 685/2021, aprovada por unanimidade na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), que regulamenta o Subsistema Ferroviário de Mato Grosso. A previsão é que a obra seja iniciada em até seis meses após a emissão da licença ambiental de instalação e que o Terminal de Cuiabá seja concluído até o 2º semestre de 2025.

Digiqole ad

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *