Trabalhadores do transporte coletivo começam a ser imunizados e afirmam: “Vamos trabalhar mais tranquilos”

 Trabalhadores do transporte coletivo começam a ser imunizados e afirmam: “Vamos trabalhar mais tranquilos”

A Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), começou nesta segunda-feira (10), a imunização dos trabalhadores do transporte coletivo da Capital. A classe que tem entorno de 900 funcionários, está sendo vacinada com a primeira dose da vacina, no Sesc Balneário, localizado na região do bairro Osmar Cabral.

A imunização deste grupo ocorre de hoje até esta terça (11), das 9h às 16h. A categoria faz parte do grupo de pessoas em vulnerabilidade social, cujo lançamento da imunização, de forma simbólica, ocorreu no último dia 3, no Palácio Alencastro, com a vacinação de 11 representantes das seguintes profissões: catadores de recicláveis, carroceiros, motoristas do transporte coletivo e garis (tanto da coleta quanto da varrição de rua).

“Sempre foi um desejo nosso e trabalhávamos para colocar os trabalhadores do transporte coletivo para serem imunizados contra esse vírus o quanto antes, justamente por serem um serviço essencial, por estarem ali na linha de frente, expostos e hoje com a graça de Deus começamos a vacinação dessa classe, e isso me deixa muito feliz. Assim como também estou contente pela imunização de outras classes em situação de vulnerabilidade, como os carroceiros, catadores de recicláveis, entre outros”, disse o ´prefeito Emanuel Pinheiro.

Dos que estiveram nesta manhã no Sesc, comemoraram a aplicação da primeira dose, e a possibilidade de rever colegas, que só mantinham contato de longe, ao se verem na maioria das vezes no trânsito, enquanto trabalhavam. Como é o caso do motorista, Arley Costa, de 49 anos, que atua na profissão há 28 anos, que relatou o sentimento de alívio e ansiedade pela imunização.

“Estávamos muito aflitos à espera da vacina, porque a gente e trabalha com pessoas, fazemos parte de quem está na linha de frente e ficamos sempre apreensivos. Mas graças a Deus agora chegou a vacina pra gente e é muito boa essa sensação para todos os motoristas que estão aqui. Além disso achei a estrutura muito organizada, todos os funcionários atenciosos. A partir de agora vamos trabalhar mais tranquilos, graças ao prefeito e todos que estão empenhados nessa função”, afirmou.

Já o colega, Lédio Francisco Correa, que atua como motorista há 20 anos, agradeceu ao prefeito Emanuel Pinheiro pela iniciativa, e considera a imunização da classe como uma vitória. “Quero primeiramente agradecer a Deus por estar aqui hoje, agradecer ao prefeito pela iniciativa que ele teve conosco motorista, e dizer que foi ótimo porque temos família, e vendo essa pandemia acontecendo no nosso dia a dia, e cada dia pra nós é um dia de vencimento na vida, quando chegava em casa e agradecer a Deus todos os dias, porque a gente vê ai tantas vidas que foram perdidas com essa doença, e hoje nós podemos falar que somos guerreiros da linha de frente também, foi uma vitória pra nós. Todos estao de parabéns, 100%, está tudo bem organizado, fui muito bem tratado, com dignidade e estou muito ansioso pela segunda dose. Agora é trabalhar.

Edilson Santos da Silva, motorista há oito anos, também foi imunizado hoje e agradeceu ao gestor da Capital pelo feito e falou do sentimento de gratidão e esperança. “A nossa vontade é que todos estivessem vacinados. Quero agradecer a prefeitura por essa oportunidade de estar vacinando os motoristas e agradecer a Deus por estar aqui. Eu que já peguei a covid e quase morri, estava bastante ansioso por este dia, porque eu sei o que é essa doença, já passei por isso, e tenho certeza que se todos soubessem não se aglomeravam e evitariam festas. Espero que toda minha família um dia seja toda imunizada”.

Erisvaldo Lima Pereira, também motorista, há 25 anos, enxergou o momento como uma “benção divina”. “Nós estamos colhendo fruto disso, estamos achando muito bom, o espaço dispensa até comentários, e sem falar que a gente está hoje revendo os amigos aqui, então não tinha  outra melhor forma de ser essa imunização, porque a gente só estava se vendo dentro dos ônibus e hoje estamos aqui nos revendo. Graças a Deus estamos sendo imunizados, perdemos alguns colegas, mas hoje podemos sorrir e colocar a cabeça no travesseiro tranquilo, que está tudo caminhando bem”, comemorou.

O presidente do Sindicato dos Rodoviários da Baixada Cuiabá, Edval Luís Pereira de Souza, ressaltou a iniciativa dos sindicalistas na luta em busca da imunização, desde o começo da pandemia, e também sobre o acolhimento que o prefeito Emanuel Pinheiro sempre dispôs ao atendê-los. “Desde quando começou essa pandemia, nós procuramos o prefeito, pedindo a inclusão da nossa categoria como essencial para as vacinas da covid, até porque a nossa categoria, desde quando começou a pandemia não parou. Tivemos perda de colegas das antigas, colegas mais jovens, familiares de colegas para essa doença, e temos só a agradecer ao prefeito Emanuel por ter nos ouvido, por ter acolhido a categoria de motoristas e colocado como grupo prioritário”, afirmou. (Com Prefeitura de Cuiabá)

Digiqole ad

Elloise Guedes - Mais Que Fato

https://maisquefato.com.br/

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *