Idealizada por Márcia Pinheiro, Campanha Vacina Solidária é replicada para cidades do interior

 Idealizada por Márcia Pinheiro, Campanha Vacina Solidária é replicada para cidades do interior

Idealizada pela primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro, a campanha “Vacina Solidária”, lançada no início do mês, já vem sendo replicada em cidades como Chapada dos Guimarães, Cáceres e Tangará da Serra. A campanha de arrecadação de alimentos durante o período de vacinação contra a covid-19 foi idealizada para ajudar famílias em situação de vulnerabilidade social. A arrecadação de alimentos pode ser feita por aqueles que já estão inseridos nos grupos prioritários para o recebimento da vacina.  Hoje, Cuiabá disponibiliza pontos de imunização no Centro de Eventos Pantanal e, a partir desta segunda-feira (12), no Sesi Papa. Para ajudar no recolhimento dos alimentos, em diversos pontos de vacinação foram instalados pontos de coleta.

Para a primeira-dama,  nesse momento difícil em que famílias tem passado por situações adversas todo ato de solidariedade é bem-vindo. “Fico feliz em ver que a primeira-dama de Chapada dos Guimarães, Hélia Mello, a prefeita de Cáceres, Eliene Liberato, a secretária de Assistência Social de Tangará da Serra, Ana Adorno, a Polícia Civil, por meio da Delegacia Regional de Rondonópolis, também aderiram à campanha e levaram para os municípios do interior, isso mostra o quanto povo mato-grossense é solidário e como podemos contar com todos”, ressalta Márcia.

Para a primeira-dama de Cuiabá, esse movimento é reflexo direto do impacto econômico provocado pela pandemia do novo coronavírus. “Os cuiabanos, assim como todos os mato-grossenses não têm virado as costas, ao contrário, têm mostrado o seu lado humano, engajando-se em campanhas oficiais ou em iniciativas não-governamentais. Juntos somos mais forte”, afirma.

Segundo Márcia Pinheiro, a iniciativa foi desenvolvida pelo Núcleo da Primeira-dama  da capital que usou para embasamento referências de ações solidárias registradas em todo território nacional. “Temos que replicar ações desse porte. A gestão Emanuel Pinheiro jamais iria  ficar de braços cruzados diante da necessidade das pessoas. A marca dessa gestão é a humanização. Tenho certeza que esse balanço final da arrecadação vai ser muito positivo e muitas famílias poderão ser ajudadas. Enquanto perdurar a pandemia, nós vamos continuar com a mobilização, inclusive, promovendo o  “Dias D” de arrecadação, finalizou.

Digiqole ad

Elloise Guedes - Mais Que Fato

https://maisquefato.com.br/

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *