Jornalistas de Cuiabá comemoram primeira dose da vacina contra a covid-19

 Jornalistas de Cuiabá comemoram primeira dose da vacina contra a covid-19

O dia 27 de maio de 2021 ficará marcado na História da imprensa mato-grossense como o dia em que jornalistas, cinegrafistas, fotógrafos e demais profissionais do jornalismo local receberam a primeira dose da vacina contra a covid-19, tendo sido vacinados enquanto categoria por exercerem um serviço essencial, que em nenhum momento da pandemia parou suas atividades, com o objetivo de levar a informação, uma das principais armas contra o coronavírus, para a população. A priorização desse grupo foi uma determinação do prefeito Emanuel Pinheiro. “Entendo que são profissionais que estão trabalhando na linha de frente, a informação é uma necessidade. Cuiabá, dia  e noite,  trabalha para garantir a vacinação de toda a população”, disse o prefeito.

O primeiro jornalista vacinado enquanto profissional em Cuiabá foi Robson Fraga, que atua como repórter no site Esportes e Notícias e como assessor de imprensa no Conselho Regional de Enfermagem (Coren-MT). Ele elogiou a postura do prefeito Emanuel Pinheiro em reconhecer que os profissionais da imprensa como prioridade na vacinação. “Me sinto muito bem! Foi uma medida acertada da Prefeitura de Cuiabá. Afinal, estamos na linha de frente da notícia, entrevistando pessoas que estão na linha de frente do combate à covid-19 e aquelas que infelizmente pegaram a doença. Portanto, nos colocamos em risco também e precisamos, na verdade, merecemos ser imunizados. Espero que todos os prefeitos tomem a mesma atitude do prefeito Emanuel Pinheiro”, comentou.

A repórter do caderno de Cidades do jornal A Gazeta, Elayne Mendes, contou que não via a hora de conseguir ser vacinada. “A emoção é muito grande, eu estava contando os dias e os segundos pra ser imunizada porque a gente não vê a hora dessa pandemia acabar e, infelizmente, isso só vai acontecer com a vacina porque, se depender do comportamento da população, vai ser muito difícil”, disse.

A jornalista classificou o momento como “histórico” e destacou que, para ela, a emoção é maior pelo fato de estar grávida. “Quero registrar de todas as formas, ainda mais estando gestante, querendo que a minha filha já nasça com imunidade também. É uma grande conquista e eu agradeço imensamente ao prefeito por ter essa sensibilidade de incluir os jornalistas como prioridade na vacinação. A gente está nas ruas desde que a pandemia começou, jornalista é uma categoria que não para, que está sempre no meio de pessoas, esse é o nosso papel e a imunização é fundamental por conta disso”.

Para a jornalista Lina Carvalho, que trabalha na TV Assembleia, a emoção de ser vacinada é “indescritível”.  Ela relata que não esperava que o intervalo entre o cadastro e vacina fosse tão rápido e enfatizou que a vacinação vai dar mais tranquilidade para seguir trabalhando. “Eu sei que temos que continuar os cuidados, mas pelo menos a gente pode voltar a sonhar. Achei muito importante porque a gente está de qualquer forma exposto nas ruas, nos locais fechados, que muitas vezes a gente precisa ir. Eu sei que é importante pra todo mundo, mas também a nossa categoria precisa bastante. Vai ser um reforço pra gente trabalhar mais tranquilo”.

Repórter no site de notícias PNB Online, Ana Adélia Jácomo, também se emocionou muito no momento da aplicação da vacina por conta do medo que sentia de contrair a covid-19. “A gente ficou muito tempo nessa angustia: ‘Será que vou pegar? Será que eu vou sobreviver?’ E o pessoal está muito exposto, a maioria está em trabalho presencial e o risco é muito grande, a gente não tem noção… É uma roleta-russa! Ninguém sabe quem vai sair ou não. Então é uma medida muito importante! Eu acho que é um reconhecimento e agora vamos esperar que o governo mande mais vacinas e que acelere o processo”, salientou.

O apresentador da TV Cidade Verde, Arthur Garcia, exibiu ao vivo a sua vacinação e comemorou. “Hoje é um dia importante! Dia 27 de maio de 2021 é a data onde eu realizei, junto a essa equipe maravilhosa, a vacina da Pfizer contra a covid-19. A gente tem que ressaltar que os profissionais de imprensa atuaram diretamente nessa pandemia. Muitos, infelizmente, perderam o combate. Eu tive colegas que infelizmente não conseguiram vencer essa pandemia, outros que conseguiram. E hoje eu estou aqui. Muitos profissionais que não pararam, mesmo na linha de frente, atuando em unidades de saúde, com pessoas que estavam buscando o atendimento, pessoas infectadas. E hoje a gente agradece muito a Prefeitura de Cuiabá, o prefeito Emanuel Pinheiro por ter pensado nessa categoria que é muito importante aqui na nossa capital”, declarou. (Com Prefeitura de Cuiabá)

Digiqole ad

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *