Novo Mercado Municipal terá estacionamento automatizado com 606 vagas

 Novo Mercado Municipal terá estacionamento automatizado com 606 vagas

(Foto: Luiz Alves/Prefeitura de Cuiabá)

Pensando na modernidade e preparando Cuiabá para o futuro, o projeto para o novo Mercado Miguel Sutil – conhecido como Mercado Municipal, idealizado pelo prefeito Emanuel Pinheiro, prevê a implantação de estacionamento automatizado valet. A estrutura tem como objetivo ofertar maior comodidade e segurança aos clientes que frequentarão o local. O estudo foi apresentado nesta sexta-feira (16), na Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM).

Com 586 vagas para carros e 20 para motos, o estacionamento ficará no 4º pavimento e contará com sensores para identificação do status da vaga e software compra recarga de créditos; Recarga de créditos através do parquímetro e fiscalização dos serviços através de OCR. Ao todo, o Mercado Municipal terá quatro pavimentos, divididos por setores para um melhor ordenamento dos ambientes.

“Modernizar os estacionamentos resulta em inúmeros benefícios, como a melhora do fluxo de veículos, satisfação dos clientes e vantagens financeiras a médio e longo prazo. Temos que elaborar um projeto bem mais moderno e preparando a Capital para o futuro. O investimento em novas tecnologias agilizará todos os processos operacionais, desde a chegada do usuário ao local até sua saída. Isso evita filas, seja em pagamentos, validações de tickets, dentre outros”, declarou o prefeito.

O trabalho foi apresentado pela Promulti Engenharia, Infraestrutura e Meio Ambiente, habilitada em Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) aberto pela Prefeitura de Cuiabá em dezembro de 2019.

Posteriormente, o estudo será submetido a avaliação do Comitê Gestor do Programa PPP/Cuiabá, presidido pelo prefeito Emanuel Pinheiro e formado por profissionais das secretarias de Gestão e de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, além da Procuradoria Geral do Município (PGM). A meta, mediante o cumprimento de todos os trâmites legais, é de que as obras sejam iniciadas ainda no último quadrimestre de 2021.

(com assessoria)

Digiqole ad

Claryssa Amorim - Mais Que Fato

http://www.maisquefato.com.br

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *