Prefeito anuncia imunização de jornalistas e para grupo sem comorbidades

 Prefeito anuncia imunização de jornalistas e para grupo sem comorbidades

O prefeito Emanuel Pinheiro anunciou nesta segunda-feira (17), que não irá tomar a vacina contra a Covid-19, por fazer parte do grupo de pessoas que possui comorbidade leve, mais especificamente hipertensão leve, e vai aguardar chegar a sua vez, conforme sugere o Ministério da Saúde. “A minha hipertensão é considerada leve, ela não é seguida de uso de dois ou três medicamentos, eu só tomo um, desde os 28 anos, ou seja o prefeito é saudável. Mediante isso eu não posso tomar, não sou eu que vou promover o ‘fura fila’ em Cuiabá, eu vou esperar a minha vez, apesar de entender que o presidente da república, governadores de estado e prefeitos deveriam ser os primeiros a vacinar, por dois motivos: primeiro, para dar o exemplo, estimular todos a vacinarem, e segundo, por ser pessoas expostas, que respondem pela sua cidade, e estão constantemente em contato com a população. Mas, o Ministério da Saúde não entendeu assim, a minha comorbidade é leve e não se enquadra nesse grupo. Vou aguardar a minha vez para vacinar”, ressaltou ele.

Além disso, o gestor da Capital anunciou que irá abrir em breve, a imunização dos jornalistas, bem como para o grupo de pessoas abaixo de 59 anos, que não possuem comorbidades, conforme a chegada de novas remessas de vacinas. “Quero autorizar a secretária Ozenira (gestora da Secretaria Municipal de Saúde), já entrei em contato com o Sindicato dos Jornalistas e quero pedir para amanhã já o levantamento para abrir a vacinação de todos os jornalistas de Cuiabá. Isso também é um pedido de vários de vocês e de representantes da categoria, que eu entendo também, e pelas atividades que vocês exercem, que devem ter essa prioridade”, afirmou Pinheiro.

“Vamos vacinar também o grupo de 59 anos para baixo sem comorbidade, independente da comorbidade que estiver vacinando. Iremos vacinar, tudo isso claro dependente da quantidade de vacina que vai chegar. Mas já falei para planejar isso para os próximos dias, com um comunicado, para estabelecermos esse cronograma de vacinação, junto com a comorbidade. Dessa forma, quem não tem comorbidade que está achando que vai demorar muito, já tem uma expectativa de quando será vacinado. E como temos as vacinas Pifzer, a Astrazeneca e com a chegada de novas remessas de Coronavac, já é possível vislumbrar essa nova celeridade de imunização da população de Cuiabá”, informou o prefeito.

Conforme já explicado, o guia de comorbidade continuará a ser seguido, como sugerido pelo Ministério de Saúde. A Prefeitura também abriu nesta segunda (17), o pré cadastro para a imunização contra a covid, para pessoas 30 a 39 anos, com comorbidades.

Digiqole ad

Claryssa Amorim - Mais Que Fato

http://www.maisquefato.com.br

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *