“Tudo em Cuiabá se transforma em progresso e desenvolvimento”, cita prefeito ao destacar avanços na distribuição dos serviços água e esgoto

 “Tudo em Cuiabá se transforma em progresso e desenvolvimento”, cita prefeito ao destacar avanços na distribuição dos serviços água e esgoto

Tudo em Cuiabá se transforma em progresso e desenvolvimento”. Esta é a avaliação do chefe do executivo municipal, Emanuel Pinheiro, ao entregar mais uma obra, a Estação de Tratamento de Água, denominada ETA Sul, na manhã de quarta-feira (17). A ETA já distribuiu, em 16 meses, 31 bilhões de litros de água, beneficiando diretamente 155 mil pessoas, em 86 bairros.

A estação está localizada no Jardim dos Pinheiros e faz parte do Sistema Sul de Abastecimento de Água. A entrega desta obra soma-se ao anúncio da última semana, quando o Prefeito de Cuiabá informou a construção do Sistema de Esgotamento Sanitário Lipa. Com a ampliação dos serviços de esgotamento sanitário, a cobertura de esgoto no município saltará de 67% para 78%.

O SES Lipa beneficiará, diretamente, 126 mil pessoas em 77 bairros e é resultado do investimento de R$ 200 milhões. Situada na Avenida José Rodrigues do Prado, no Parque Residencial Tropical Ville, a ETE Lipa já está em construção. O trabalho é realizado pela concessionária Águas Cuiabá e tem previsão de estar concluído no segundo semestre deste ano.

“Nossa gestão tem o compromisso com a universalização do saneamento básico da nossa capital. Quando lançamos o programa Cuiabá extraordinário, em maio de 2018, colocamos ali uma audaciosa meta, que em sete anos e com investimento de R$ 1,2 bilhão iríamos universalizar o saneamento básico da nossa capital até 31 de dezembro de 2024”, estimou Emanuel Pinheiro.

O chefe do Executivo ainda citou que não é possível uma cidade avançar em melhorias sem rede de esgoto e distribuição de água de maneira adequada.

“A gente percebe como caminhamos a passos largos para o futuro. O saneamento básico é um divisor de águas também da nossa gestão. Não podemos falar em avanço, não podemos falar em desenvolvimento sustentável se não decretarmos a geração de saneamento básico na nossa capital. Não vejo a hora de entregar esta cidade com 100% com a universalização do saneamento básico”, ressaltou Emanuel Pinheiro.

Pinheiro lembrou que em um passado recente, a população de Cuiabá vivia com a distribuição de água racionada. “Dentre tantas entregas que está mudando a cara de Cuiabá, dentre as maiores delas, está a revolução do saneamento básico da nossa capital. Quando os cuiabanos poderiam imaginar 100% de água na torneira sem intermitência. Agora estamos sentindo o avanço, o desenvolvimento sustentável e a humanização da nossa gestão”, finalizou.

Digiqole ad

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *