Várzea Grande receberá vacina Pfizer, realizará Corujão, Corujinha para imunizar pessoas com comorbidades

 Várzea Grande receberá vacina Pfizer, realizará Corujão, Corujinha para imunizar pessoas com comorbidades

Várzea Grande avança na campanha de vacinação contra a COVID-19 com novas medidas, como o pré-cadastro para pessoas com comorbidades de 40 a 59 anos e a capacitação de enfermeiros e técnicos para aplicação da vacina Pfizer, que tem uma dinâmica diferenciada das demais (CoronaVac e AstraZeneca) e está agendada para ser entregue nesta semana. Também está prevista uma nova rodada do Corujão da Vacinação, nesta segunda-feira, 10 de maio, a partir das 16 horas, na Clínica Médica do Centro Universitário – UNIVAG e amanhã, terça-feira, 11, no Jardim dos Estados, quando acontece o início da vacinação de pessoas com comorbidades, além do Corujinha para aqueles que, por um ou outro motivo, perderam suas doses.

“Estamos com uma agenda acelerada de medidas e decisões, todas voltadas para atender à população que está ansiosa em poder ter acesso a vacina e ficar imunizada contra a COVID-19 e voltar a vida em sua normalidade”, explicou o prefeito Kalil Baracat, frisando que não se cansa de avisar que Várzea Grande está pronta para adquirir vacinas, desde que isto seja possível e autorizado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA.

Outra decisão adotada foi a de disponibilizar vacinas para os motoristas do transporte coletivo e para os agentes de limpeza ou garis que cotidianamente estão trabalhando e em contato com várias pessoas e, portanto, correm mais riscos de contaminação.

O secretário de Saúde, Gonçalo de Barros, sinalizou que na medida da existência de vacinas disponíveis, Várzea Grande está pronta e preparada para fazer o enfrentamento a COVID-19 e não vai flexibilizar medidas consideradas essenciais como uso de máscara, distanciamento social e outros meios de higienização.

“Como não temos certeza se haverá ou não outras ondas, a ordem é manter sempre o alerta para que estejamos prontos para a COVID a qualquer momento e não tenhamos outros surtos que acabem por ceifar a vida de muitas pessoas”, explicou Gonçalo de Barros, para aqueles que podem ficar reclusos em suas residências e para os que precisam trabalhar e dependem de uma série de outros fatores como transporte coletivo, é imperioso que se utilizem do distanciamento social e do uso de máscara e álcool em gel.

O prefeito Kalil Baracat frisou que não faltará atendimento médico e medicamentos para atender a todos que precisarem e que somente unidos poderemos vencer a COVID-19, cada um fazendo a sua parte. “Não adianta ficar apontando os erros, se cada um não fizer sua parte no processo, pois a cada vida salva temos uma grande vitória, mas não podemos deixar de lado aqueles que perderam sua vida, portanto, se a população ajudar, a administração municipal vai conseguir vencer a COVID-19”, ressaltou ele

Digiqole ad

Elloise Guedes - Mais Que Fato

https://maisquefato.com.br/

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *