Aviões do Governo são utilizados para enviar vacinas aos 16 polos regionais do Estado

 Aviões do Governo são utilizados para enviar vacinas aos 16 polos regionais do Estado

(Foto por: Christiano Antonucci)

A Secretaria Estadual de Saúde iniciou nesta terça-feira (19) a entrega dos imunizantes contra o novo coronavírus. Conforme o Plano Estadual de Operacionalização da Vacinação contra Covid-19 em Mato Grosso, o composto está sendo enviado via transporte aéreo e terrestre aos 16 polos regionais do Estado.

O Estado recebeu do Ministério da Saúde, nesta primeira fase, 126.160 doses da vacina, que irá contemplar 60.074 pessoas, com duas doses. O envio dos imunizantes aos polos regionais conta com o apoio da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), das Polícias Federal e Rodoviária Federal e do Ministério da Defesa.

“Esse é um momento importante para toda a população mato-grossense por isso estamos em uma força tarefa para assegurar a entrega ágil desses imunizantes, tendo em vista que sempre fizemos envio de vacinas por meio de transporte rodoviário, no entanto, para essa vacina, em especialmente, vamos fazer a maioria das rotas via área devido a necessidade de celeridade da imunização e com objetivo de garantir a segurança do transporte”, pontua o secretário Estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo.

Foram encaminhados, na manhã desta terça, por aeronaves do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), os imunizantes para as Regionais de Rondonópolis, Diamantino, Tangará da Serra, Pontes e Lacerda e Cáceres. Já os municípios de Cuiabá e Várzea Grande receberam a vacina via transporte terrestre; as cidades integram a Regional da baixada cuiabana.

Também vão receber a vacina via transporte aéreo as Regionais de Água Boa, Alta Floresta, Barra do Garças, Juína, Juara, Sinop, São Felix do Araguaia, Porto Alegre do Norte, Peixoto de Azevedo e Colniza.

São contempladas na primeira fase da vacinação, de acordo com o direcionamento do Ministério da Saúde, trabalhadores da saúde que atuam na linha de frente do combate ao coronavírus, pessoas idosas com 60 anos ou mais que vivem em asilos e/ou instituição psiquiátricas e povos indígenas vivendo em aldeais. Mato Grosso vai garantir as duas doses da vacina ao grupo prioritário compreendido nesta fase, sendo o prazo de 14 a 28 dias para a aplicação da segunda dose.

Digiqole ad

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *