A pandemia e os impactos na rotina

 A pandemia e os impactos na rotina

(Foto: reprodução)

A pandemia do novo coronavírus trouxe para a vida das pessoas o chamado ‘novo normal’ e com essa nova realidade, mudanças foram necessárias no dia a dia das pessoas.

O aumento de ansiedade, consumo de álcool e cigarro, além do sedentarismo tornou-se presente na rotina de muitos brasileiros durante a pandemia, devido a situação de distanciamento social, a qual foi imposta à população como medida de controle e prevenção da covid-19.

A prática de atividade física sofreu um grande impacto diante da pandemia, parques e locais ao ar livre com acesso bloqueados, academias e piscinas fechadas, pessoas com medo e receio de se contaminar.

Estudos apontam que o sedentarismo “imposto” pela pandemia caminha para um futuro surto de obesidade, além de problemas vasculares e articulares devido ao tempo sentado em frente a computadores, destinado ao home office, e atividades de lazer como assistir filmes e séries em demasia.

Especialistas temem uma queda brusca nos níveis de condicionamento físico devido as medidas de isolamento que levaram muitas pessoas ao aumento de peso, indícios apontam que a redução da atividade física possa ser seguida por um aumento nas doenças crônicas associadas à falta de exercícios físicos, como obesidade e problemas cardíacos. Fatores esses que se encontram no quadro de comorbidades para o agravamento dos sintomas e consequências da covid-19.

A Organização Mundial da Saúde (OMS), preocupada com o sedentarismo criou a campanha #HealthyAthome (#SaudávelEmcasa) levando informações importantes sobre os exercícios simples que podem ser realizados em casa.

Romper a barreira do medo e retomar a prática de atividades físicas com todos os protocolos de cuidados, é necessário! A população precisa cuidar da saúde, prevenir o sedentarismo e consequentemente combater outras doenças relacionadas a obesidade e a falta de exercícios.

 

Autora: Thaisa Rodbard Mileo é professora da área de Linguagem Cultural e Corporal, nos cursos de Licenciatura e Bacharelado em Educação Física do Centro Universitário Internacional Uninter.

Digiqole ad

Claryssa Amorim - Mais Que Fato

http://www.maisquefato.com.br

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *