Norge Pharma: A quem interessa sua saída da Saúde de Cuiabá?

 Norge Pharma: A quem interessa sua saída da Saúde de Cuiabá?

Desde o último 23 de abril, quando foi amplamente divulgado pela mídia o caso de medicamentos e insumos vencidos no Centro de Distribuição de Medicamentos e Insumos de Cuiabá – CDMIC, a Norge Pharma vem sofrendo uma tentativa de “linchamento” por parte de alguns grupos políticos da Capital, que vêem de forma covarde e inescrupulosa, tentando nos usar para atingir questões políticas das quais jamais fizemos parte. E por não fazermos parte nos resta questionar… Se há 27 anos trabalhamos com imensa responsabilidade e respeito. E esse respeito, no que tange o período de prestação ao serviço público é totalmente comprovado documentalmente junto aos órgãos de controle que regem o município a exemplo do Tribunal de Contas (TCE) dentre os demais. E ainda, se não temos nenhuma ligação com qualquer grupo político do estado, A QUEM INTERESSA NOSSA SAÍDA DA SAÚDE?
PUBLICIDADE

E mais…

QUEM ESTÁ DEIXANDO DE SE BENEFICIAR COM NOSSA ADMINISTRAÇÃO?

Apesar de o fato ter sido rotineiramente recorrente em gestões anteriores no CDMIC, (milhares de medicamentos vencidos, todos os anos) a Norge Pharma vem trabalhando diuturnamente para combatê-lo e não tem a mínima responsabilidade sobre esses vencimentos!

Nenhum medicamento que foi comprado e recebido durante nossa gestão, venceu.

Quando entramos e os identificamos, imediatamente informamos e alertamos os responsáveis da Secretaria de Saúde de Cuiabá e assim fazemos informes mensalmente do que irá vencer dentro dos próximos 90 dias.

Temos documentos que comprovam isso e já foram disponibilizados ao TCE e se encontram à disposição de outros órgãos de fiscalização.

Estamos sendo acusados de termos sido negligentes com as nossas responsabilidades. Pois saibam que fomos nós quem identificou esses problemas e as falhas administrativas que foram responsáveis por parte desses vencimentos.

Falhas que pelos levantamentos internos, ocorrem há anos, sendo herdadas de gestão para gestão.

Nós, Norge Pharma identificamos e tomamos providências imediatas para que isso não ocorra mais no município de Cuiaba.

Independente do produto ou da quantidade comprada que é enviada para o CDMIC, recusamos o recebimento se o produto não cumpre as normas mínimas de vencimento e quantidades que, calculado pelo consumo médio, serão consumidos antes do vencimento.

Exceções são analisadas consideranto a urgência e necessidade do produto, mas sempre com autorização da Secretaria e ainda com carta de compromisso de troca do fornecedor caso o medicamento venha vencer antes de sua utilização.

Por toda essa responsabilidade com o dinheiro público, nos tornamos guardiões da Secretaria de Saúde de Cuiabá e, com nossa gestão, aliada a todo controle e logística que realizamos do recebimento a entrega às unidades de saúde, a tendência é que isso nunca mais ocorra em Cuiabá!

Novas regras para aquisição estão sendo sugeridas e em fase de implantação.

Ressalto que cada palavra descrita, podem ser provadas documentalmente!

E se podemos provar tudo que estamos dizendo, que fechamos as portas para o desperdício, que rastreamos em minutos cada produto desde sua entrada até a unidade final de destino (fornecedor, data de entrada, nota fiscal, lote, quem recebeu, quem conferiu, quem separou para dispensação, quem conferiu e lacrou as caixas para envio às unidades, quem levou e quem recebeu), por que nos querem fora de lá?

Enfatizo novamente, a quem interessa que todo esse controle não exista?

Por que querem tanto nossa saída de lá? A quem estamos incomodando tanto?

Agora estão querendo nos envolver num jogo político ao qual não pertencemos, não é nosso!

Não somos políticos, não somos ligados a nenhum politico ou grupo, não temos partido, nada.

Sem qualquer direito de resposta, sem qualquer convite para sermos ouvidos por parte da Câmara dos Vereadores de onde vêm nossos acusadores, estamos sendo execrados na mídia com acusações levianas e sem o mínimo conhecimento por parte de alguns vereadores que se valem de “achismos” e denúncias “anônimas” , de todos os lados para nos acusar sem qualquer prova de culpabilidade da nossa administração.

Digo aos nobres senhores, não somos aventureiros, não iniciamos ontem, não caímos de para-quedas.

Atuamos com logística há 27 anos, quando iniciamos com a Norge Transportes Internacionais, logo a Norge Projects e em 2006 a Norge Pharma, esta genuinamente, Cuiabana.

Nesses anos todos, participamos de inúmeros projetos, vencemos várias concorrências no Brasil e no exterior, sendo algumas nos Estados Unidos, Europa e Japão e, de todas essas, a única que deixamos antes de finalizar o contrato com louvor, foi a que já não podíamos suportar meses e meses sem receber os pagamentos! Afinal, temos a responsabilidade não apenas com o poder público, mas com todos àqueles que somam esforços em nossa equipe e não podem pagar com atrasos salariais que, se mantivéssemos o contrato, se arrastariam por meses a fio.

Foi com esse zelo, compromisso público e transparência que atuamos em várias áreas como Energia, Mineração, Siderurgia, Papel e Celulose dentre outros, e para grandes Multinacionais e Indústrias Brasileiras, como por exemplo Siemens, GE, Veracel, Compania Siderúrgica de Tubarão (CST), Kawasaki Heavy Industries, Mitsubishi Heavy Industries, Mitsubishi Corporation, Voith Siemens, Gerdau Açominas, Usiminas, Andritz, Marcopolo, Eldorado (JBS). Atuamos também em alguns projetos executando 100% da logística da construção de uma Industria. E dentre esses projetos alguns feitos históricos, como por exemplo o transporte desde a GE nos Estados Unidos até Sorocaba da primeira pá eólica vinda para o Brasil para servir de molde para a fabricação nacional. Realizamos também o maior evento logístico já realizado até hoje na hidrovia Paraná/Paraguai quando trouxemos para a Termelétrica de Cuiabá, todas as Turbinas (190 ton cada), Geradores (268 ton cada) e Boilers para Caldeira, vindos da Alemanha e Korea respectivamente. Todas essas frentes de trabalho citadas, foram realizadas com muito respeito e principalmente transparência documental!

Essas são algumas referências, somente para situá-los e informá-los que é com esse nível de profissionais e respeito que estão lidando. É com esse profissionalismo que estamos fazendo a gestão do CDMIC de Cuiabá.
Por tudo isso, pedimos respeito a Norge Phama!

Que vereadores, imprensa e população busquem a verdade dos fatos e conhecer verdadeiramente nosso trabalho!
Aos vereadores, antes de nos acusar, honrem o compromisso feito com a população ao serem eleitos e nos ouçam, no contrário, não nos use para autopromoção ou para tentar atingir alguém.

Não fomos ouvidos por ninguém até o momento, não tivemos chance alguma de nos manifestar.

As portas de nossa administração, bem como toda a transparência com a qual a conduzimos, estão abertas!
Na Norgue Pharma somos mais de 40 famílias.

Temos filhos, esposa, mãe, amigos, irmãos, que verdadeiramente nos conhecem e que assim como nós, estão assustados, preocupados, indignados e sem entender os verdadeiros motivos dessa tentativa de “linchamento”.
Por tudo isso, esperamos que o direito mínimo de defesa do trabalho da Norge Pharma constituído por essas 40 famílias, seja respeitado. E certo disso, reforçamos nosso compromisso com a sociedade cuiabana, nos colocando sempre à disposição da mesma, das autoridades competentes e dos vereadores para quaisquer esclarecimentos que julguem necessário.

Dirceu Luiz Pedroso Júnior- Diretor da Norge Pharma LTDA

Digiqole ad

Elloise Guedes - Mais Que Fato

https://maisquefato.com.br/

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *