Cinco ocorrências eleitorais são registradas em Cuiabá neste segundo turno

 Cinco ocorrências eleitorais são registradas em Cuiabá neste segundo turno

(Foto: SD Elias/PM-MT)

Cuiabá registrou cinco ocorrências criminais relacionadas ao segundo turno das Eleições 2020. Os dados são do boletim do Gabinete de Gestão Integrada (GGI) e do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) referente às primeiras cinco horas de votação. Ao todo, foram registados três casos de boca de urna, um de transporte de eleitores e um de tumulto eleitoral.

A votação para escolher o próximo prefeito da capital de Mato Grosso é realizada neste domingo (29) e segue até às 17h. Após este período, é iniciada a apuração dos votos. O GGI é composto por membros da Secretaria, do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) e da Polícia Federal (PF). Um dos pontos de monitoramento é no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), na Sesp.

Nesta manhã, os representantes das forças de segurança e do Tribunal Regional Eleitoral se reuniram, na sede da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), para acompanhar o início das votações nas 158 zonas eleitorais.

“A Sesp, em conjunto com o TRE, prevê uma eleição bem tranquila. A estrutura montada para o segundo turno aqui na capital é semelhante a estrutura do primeiro turno, com um diferencial que há bem menos locais de votação. O primeiro turno foi em todo o estado, então foi muito maior. Como hoje se limita apenas a Cuiabá, o planejamento do policiamento nos locais de votação é basicamente o do primeiro turno. Manteremos as atividades do gabinete até o encerramento das eleições”, enfatizou o secretário adjunto de Integração Operacional da Sesp, Victor Fortes.

Desde a primeira hora de abertura dos locais de votação, 143 viaturas e 520 profissionais Polícia Militar (PM), Polícia Judiciária Civil (PJC), Corpo de Bombeiros Militar (CBM) e Politec estão atuando nas regiões centrais e periféricas do município.

O juiz auxiliar da Presidência do TRE, Lídio Modesto da Silva Filho, elogiou a parceria junto à Sesp no objetivo de garantir uma eleição segura.

“Mais uma vez agora no segundo turno estamos trabalhando em conjunto, de forma multi- institucional aqui no Gabinete de Gestão Integrada, um trabalho centralizado hoje, tanto na Sesp quanto na sede do TRE e, mais uma vez, temos certeza que todo o trabalho que foi desenvolvido de forma prévia será executado a contento e nós temos certeza que a eleição ocorrerá de forma tranquila, transparente e com total segurança em razão desta união que foi feita entre a Justiça Eleitoral e as forças de segurança”, declarou.

Cuiabá tem pouco mais de 378 mil eleitores aptos a votar. Assim como no primeiro turno, a apuração dos votos será realizada na Casa da Democracia, com número reduzido de pessoas visando a não aglomeração de eleitores e candidatos.

Digiqole ad

Claryssa Amorim - Mais Que Fato

http://www.maisquefato.com.br

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *