Homem se passa por médico para extorquir dinheiro de vítima

 Homem se passa por médico para extorquir dinheiro de vítima

(Foto por: PJC-MT)

Um homem que se passou por médico para pedir dinheiro a uma vítima para transferir o seu filho de hospital em razão de agravamento pelo Covid-19 foi preso em flagrante, na segunda-feira (22), durante uma ação da Polícia Civil de Barra do Garças (509 km de Cuiabá). O suspeito de 20 anos e com várias passagens criminais foi autuado em flagrante pelo crime de estelionato na forma tentada.

As diligências iniciaram logo após a vítima procurar a Derf-Barra do Garças, informando que no dia anterior ao fato, no domingo (21), o seu filho estava internado no Pronto Socorro Municipal em decorrência de Covid-19, porém não resistiu a doença.

Na manhã de segunda-feira (22), a vítima recebeu uma mensagem por meio do aplicativo whatsapp, em que a pessoa se apresentou com médico no Pronto Socorro, informando que o estado de saúde do filho teria se agravado, bem como por medidas de urgência, o paciente teria que ser transferido para outro hospital.

Em continuidade a conversa, o suspeito disse para a vítima que para a realização da transferência, teriam já contratado o seguro de um plano de saúde, razão pela qual a vítima deveria realizar o pagamento da taxa no valor de R$ 5 mil, a serem depositados em duas contas bancárias informadas.

Suspeitando se tratar de um golpe, pois tinha acabado de sepultar o filho, a vítima procurou a unidade da Derf- Barra do Garças, para registrar a ocorrência e apresentou os prints das conversas realizadas.

Durante a investigação para apurar os fatos, foi identificado os nomes e os endereços dos titulares das contas bancárias, para quais os deveriam ser transferidos o dinheiro, ambos no bairro João Rocha, município de Pontal do Araguaia.

Em seguida, os policiais civis foram até a casa dos suspeitos, sendo um deles localizado e encaminhado até a delegacia. O conduzido foi interrogado e autuado em flagrante por tentativa de estelionato. Após a confecção dos autos foi representado pela conversão da prisão em flagrante em prisão preventiva.

As diligências investigativas continuam para com objetivo de localizar o segundo suspeito envolvido na tentativa de golpe.

O delegado da Derf, Joaquim Leitão Júnior, enalteceu o rápido e brilhante trabalho da equipe, que mesmo em tempos de pandemia não deixa de combater os crimes e punir os criminosos, confortando dessa forma a população de Barra do Garças.

Digiqole ad

Elloise Guedes - Mais Que Fato

https://maisquefato.com.br/

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *