ALMT e Aprosoja lançam campanha para arrecadação de alimentos na próxima semana

 ALMT e Aprosoja lançam campanha para arrecadação de alimentos na próxima semana

Acompanhado da deputada Janaína Riva (MDB), o primeiro-secretário da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (DEM), se reuniu com a Diretoria-Executiva da Aprosoja, nesta sexta-feira (25), na sede da entidade. Na pauta, formatação da campanha de arrecadação de alimentos, que terá início a partir da semana que vem.

O objetivo é arrecadar alimentos e doar pelo menos 100 mil cestas básicas a quem mais precisa. A parceria com a ALMT assegura que para cada alimento doado pelo setor produtivo, a Casa de Leis doará a mesma quantia, multiplicando os alimentos no combate à fome durante a pandemia, em que muitos padecem sem emprego e renda.

Recepcionados pelo presidente Fernando Cadore, pelo vice-presidente, Lucas Costa Beber e pelo diretor Wellington Andrade, os deputados se dizem otimistas com a campanha, que vai mobilizar os quase 7,5 mil produtores associados da Aprosoja.

A distribuição será feita mediante o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), considerando três variáveis principais: a saúde, a educação e a renda da população, com a participação dos prefeitos dos municípios.

Defensor ferrenho da participação dos grandes produtores rurais no combate à fome, Botelho agradeceu o empenho do setor para ajudar os menos favorecidos. “Queremos agradecer a todos os produtores rurais que estão atendendo esse chamamento da Assembleia Legislativa, para participar desse momento difícil para muitas pessoas. Agradecer os que vieram conosco nessa luta, nessa cruzada contra a fome. Não vamos deixar ninguém passar fome aqui em Mato grosso”, afirmou Btoelho, ao destacar que os critérios da campanha são estritamente técnicos, sem conotação política.

Da mesma forma, a deputada Janaina reconheceu a ação solidária. “Parabéns a todos pela condução transparente desta campanha, com a preocupação de dar uma cesta de boa qualidade, de entregar para quem está passando fome. Então, vamos atrás desses cadastros nas prefeituras e a Aprosoja tem todas as condições de construir e fazer, com que de fato, as pessoas sejam atendidas com essas cestas básicas. Nosso objetivo é matar a fome!”.

Cadore também parabenizou a participação dos produtores que vão ajudar a encampar essa ação. “Sem eles não seria possível essa campanha lá no campo”, afirmou.

Conforme, Cadore, nesta semana foi possível a abertura da conta bancária para a concentração das doações; criação de slogan e a operacionalização de toda a campanha.

“Então, quando tiver volume considerável, vamos comprar os alimentos para distribui-los de forma mensal. Ficou definido que serão 10 entregas de 10 mil cestas a princípio. Obviamente, que pode mudar e os critérios usados são percentuais dos locais em que for arrecadado e para os municípios mais necessitados de acordo com o Índice de Desenvolvimento Humano – IHD. Esperamos colocar em operação, de fato, na próxima semana. Esperamos que, no máximo, final de julho consigamos fazer a primeira entrega”, esclareceu Cadore. (Com ALMT)

Digiqole ad

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *