Após pedido de empresário, TRE julga ação para cassar deputado estadual

 Após pedido de empresário, TRE julga ação para cassar deputado estadual

Foto: Reprodução/Internet

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT), irá julgar na próxima quinta-feira (14), a ação que busca decretar a perda do mandato eletivo do deputado estadual Gilberto Cattani (PSL) por infidelidade partidária. O processo foi iniciado pelo médico e empresário do setor de transportes, Emilio Populo Souza Machado, que disputou o pleito de 2018.

Durante a campanha, o médico usou o nome de urna “Dr. Emilio Populo Viação Juína”. De acordo com o empresário, com forte atuação no município de Juína e região, a vaga deixada por Silvio Fávero, que morreu no dia 13 de março por complicações da Covid-19, deveria ser ocupada por ele ao invés de Cattani.

Depois das eleições de 2018, Gilberto Cattani deixou o PSL e se filiou aos quadros do PRTB enquanto Emílio Populo permaneceu filiado ao PSL.

Cattani ainda não se pronunciou sobre o assunto.

Digiqole ad

Roger - Mais Que Fato

http://www.maisquefato.com.br

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.