Emanuel não descarta candidatura ao governo e critica Mendes: “gestão frustrante”

 Emanuel não descarta candidatura ao governo e critica Mendes: “gestão frustrante”

(Foto: reprodução)

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), voltou a comentar sobre a próxima eleição ao Governo do Estado, em 2022, e não descartou sua candidatura à cadeira do Palácio Paiaguás. Segundo Pinheiro, se for dos “planos de Deus”, ele vai entrar nessa disputa com o atual governador Mauro Mendes (DEM), que tudo indica que vai disputar novamente o cargo.

Emanuel não confirmou a disputa ao cargo de governador de Mato Grosso, como também não descartou, dizendo que caso se candidate, será para tirar esse “modelo injusto” que Mauro vem administrando o Estado.

“Se for plano de Deus na minha vida ser candidato para mudar esse modelo injusto que administra para poucos, que não ouve a população, persegue e debocha da cara dos servidores, que enfraquece os serviços públicos, que sacrifica o setor produtivo, que acumula obras abandonadas, que não disse ainda a que veio, nós vamos defender essa bandeira”, disparou durante entrevista, na manhã desta segunda-feira (15), à Rádio Nazareno.

O prefeito continuou criticando o atual governador relatando que em três anos de mandato, Mendes não conseguiu mostrar bons resultados e que só faz uma gestão “frustrante e “perdida”.

Emanuel disse ainda que até agora, o governador não fez nada por Cuiabá e que só vê embates da sua parte. Ele chegou a comentar sobre a aprovação do veto de Mendes em relação a isenção dos aposentados que recebem até o teto do INSS, sendo de R$ 6.100.

“Eu acho que temos que ter uma proposta alternativa a esse governo frustrante de Mato Grosso hoje. Agora, se vai ser Emanuel ou outro nome, vamos dialogar, vamos construir com a população, com os servidores públicos ativos e inativos, com o setor produtivo, de uma forma em geral e criar um novo plano alternativo de desenvolvimento, econômico e social para o Estado”, comentou.

 

 

 

Digiqole ad

Claryssa Amorim - Mais Que Fato

http://www.maisquefato.com.br

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *