Jornalista e empresária da região do Araguaia aceita desafio do PSB e será candidata em 2022

 Jornalista e empresária da região do Araguaia aceita desafio do PSB e será candidata em 2022

A jornalista e empresária da comunicação, Camila Nalevaiko, aceitou o convite do presidente estadual do PSB, o deputado estadual Max Russi, e se prepara para disputar as eleições de 2022. O “namoro”, era antigo. Camila representará a região do Araguaia, onde mora, em Confresa, e pretende disputar o cargo de deputada estadual.

Casada e mãe de duas filhas, Camila já mora em Confresa há pelo menos 18 anos. Ela nasceu em Terra Roxa, no Paraná, e até os 15 anos morou em Guaíra. Depois sua família, formada por agricultores, mudou-se para Sinop, onde aos 18 anos ela começou sua atuação como comunicadora nas TVs locais. Depois de uma nova temporada no sul do país, voltou para Mato Grosso e agora já são quase duas décadas morando na região do Araguaia.

Entre as atuações como jornalista, ela sempre teve posições firmes, como no caso da desintrusão da Suiá Missú, onde permaneceu no local defendendo os mais de 7 mil produtores que acabaram perdendo os 165 mil hectares de terras. A terra foi decretada indígena. “Houve um divisor de águas na minha vida a partir de tudo que vivenciei naquele processo da Suiá Missú. Um sentimento de dor e de incapacidade invadiu minha alma, mas não deixei de brigar e de acreditar”, explicou Camila.

Em seu projeto político, inspirada pela sua visão de comunicadora e de empresária, Camila afirma que defenderá projetos de desenvolvimento econômico e social para a região.

“Quero propor soluções para o principal gargalo do Araguaia, que é a falta de infraestrutura. Principalmente no que tange a BR-158, não podemos aceitar em pleno século XXI, levar até 12 horas em 127 km de chão. Esse assunto deve ser “martelado” até ser resolvido “. Também quero promover projetos que levem cultura, educação, esporte e condições de trabalho para as famílias mais carentes, com foco no protagonismo feminino”, defende Camila, que se define como uma “ativista do Araguaia”.

Para o presidente estadual do PSB, Max Russi, uma liderança feminina será fundamental para que os projetos de desenvolvimento dos 15 municípios da região do Araguaia possam se concretizar.

“A Camila Nalevaiko é conhecida e respeitada em Confresa e nas cidades da região do Araguaia. Sua disposição em somar com a população, com sensibilidade para as pautas estruturantes e visão empreendedora são indispensáveis para atender as necessidades do povo, o PSB está muito satisfeito em ter uma pessoa com suas características no nosso time”.

Digiqole ad

Roger - Mais Que Fato

http://www.maisquefato.com.br

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.