Max quer estruturação da PM da região norte como medida preventiva de segurança e controle da violência

 Max quer estruturação da PM da região norte como medida preventiva de segurança e controle da violência

Em reunião no Palácio Paiaguás, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Max Russi (PSB) propôs o aparelhamento e a estruturação da Polícia Militar da região norte de Mato Grosso, como medida preventiva de segurança pública e controle da violência. No encontro, realizado na tarde desta quinta-feira (30) com o secretário chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho e o secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, também foi debatida a probabilidade de transferência do 15º Comando Regional de Polícia Militar (CRPM), hoje instalado em Guarantã do Norte (aproximadamente 700 quilômetros de Cuiabá), para Peixoto de Azevedo (aproximadamente 670 km da Capital). A definição ficará por conta do governo do estado nos próximos dias. O comandante geral da PM, Cel PM Jonildo José de Assis, informou que os indicadores de queda de criminalidade na região são positivos e mantidos sob controle.

Max Russi reconheceu a atuação do secretário Bustamante pela maestria com que vem realizando seus trabalhos e disse que o governo Mauro Mendes (DEM) tem avançado na segurança pública, mas tem que melhorar.
“A questão estrutural do governo tem crescido muito, ninguém tem dúvida disso, entretanto, temos deficiência de pessoal e precisamos trabalhar isso de forma rápida. Sabemos que o Bustamante vem cobrando sobre os concursos públicos, mas é preciso progredir. As prefeituras não podem ficar carregando essa carga. O Estado tem que proporcionar infraestrutura para os municípios, especialmente no efetivo policial que se encontra defasado”, advertiu.

O presidente da Câmara de Guarantã, vereador Valcimar Fuzinato (o Cido do PSB) avaliou que a instalações dos órgãos de segurança dos municípios devem permanecer do mesmo jeito, tendo em vista que a segurança na região está indo bem.

“Queremos agradecer ao deputado Max e aos secretários pelas presenças. Nossa perspectiva é permanecer da forma que estamos. Em time que está ganhando não se deve mexer. Mas vamos aguardar a decisão do secretário Mauro Carvalho e secretário Bustamante, nos próximos dias”, declarou o vereador.

O presidente da Assembleia ainda ressaltou que em termos de estrutura, o governo Mendes vem fazendo o que ele não conseguiu ver por 20 anos em Mato Grosso: em todas as regiões. Citou como um exemplo, o prédio da Secretaria de Educação, que estava em péssimas condições e hoje está transformado. “Mas a questão do efetivo policial é uma das próximas pautas que o governo tem que trabalhar. Sei que ele já tem pensado nisso e vai ter todo o apoio e respaldo da Assembleia Legislativa”, garantiu o presidente da Casa.

Ainda estiveram presentes na reunião: os deputados Dilmar Dal Bosco (DEM), Dr. João (MDB), Nininho (PSD) e os federais – Neri Geller (PP) e Carlos Bezerra (MDB). Prefeitos de Guarantã do Norte e Peixoto de Azevedo, Érico Stevan (DEM) e Mauricio Ferreira de Souza (PSDB), respectivamente.

Digiqole ad

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *