Mendes diz que não está preocupado com críticas de prefeitos: “Será que o mundo inteiro está errado?”

 Mendes diz que não está preocupado com críticas de prefeitos: “Será que o mundo inteiro está errado?”

O governador Mauro Mendes (DEM) disse que não está preocupado com as críticas dos prefeitos de Mato Grosso, do setor de comércio e até de deputados, em relação a quarentena de 10 dias corridos, que devem ser cumpridos a partir desta sexta-feira (26) no Estado.

O governador encaminhou um projeto à Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) para antecipar os feriados e todos os 141 municípios, inclusive a Capital, entrem em lockdown por 10 dias. O projeto deve ser apreciado pela Assembleia nesta terça-feira (23) ou quarta-feira (24).

“Democracia não é só a vontade do Executivo. Ontem morreram 125 pessoas, a população quer que não façamos nada? Estou fazendo tudo o que é possível, não estou inventando moda. Todos os grandes países fizeram isso; aqui no Brasil, vários estados fazem o mesmo. Será que o mundo inteiro está errado e só essas pessoas estão certas? Esse é o debate que será feito democraticamente dentro desse parlamento”, disse o governador.

A lei encaminhada estabelece a antecipação de cinco feriados. Estabelece também que durante esse período vale as regras do decreto em vigência.

Os estudos científicos mais recentes mostram que o distanciamento social pode reduzir de 29% a 64% o nível de contágio. E Mato Grosso está no limite de atendimento da saúde pública e privada, mesmo tendo mais que triplicado o número de UTIs durante a pandemia. Somente UTIs exclusivas para covid, o Estado conta no momento com 535 leitos, entre pactuados, cofinanciados e próprios.

“Se aprovada a lei, o governo poderá complementar novas restrições para que esses dias não se transformem num período em que as pessoas possam fazer aglomerações ou levar a vida como se nada estivesse acontecendo”, afirmou o governador.

Digiqole ad

Elloise Guedes - Mais Que Fato

https://maisquefato.com.br/

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *