Ministra Damares virá a Cuiabá para lançar programa em benefício da família mato-grossense

 Ministra Damares virá a Cuiabá para lançar programa em benefício da família mato-grossense

A Ministra da Mulher, Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, vem à Cuiabá, para lançar o programa Famílias Fortes, neste sábado (18) ás 10h, no auditório da AMM, em um evento híbrido, que será transmitido pelos canais do Ministério, da APDM e AMM no Youtube. Ela assinará termos de compromisso com os prefeitos, a Associação Mato-grossense dos Municípios-AMM e a Associação para o Desenvolvimento Social dos Municípios de Mato Grosso-APDM.

O objetivo do programa é promover o bem-estar das famílias e a redução dos riscos relacionados a comportamentos problemáticos. Os municípios receberão o material para que as equipes das prefeituras na área social, conheçam a metodologia e possam colocar as atividades em prática, priorizando o fortalecimento dos vínculos familiares, além de garantir a proteção social dos adolescentes.

Damares vem á Cuiabá a convite do presidente da AMM, Neurilan Fraga, da presidente da APDM, Scheila Pedroso e do Senador Wellington Fagundes, que estiveram em Brasília no mês de junho, reunidos com a ministra para tratar sobre  a temática.

A Ministra lançará também a Escola de Formação Municipalista da APDM, voltada para a área social. A presidente da Associação para o Desenvolvimento Social dos Municípios de Mato Grosso, Scheila Pedroso, afirma que a criação da Escola de Formação Municipalista é um grande avanço para o estado. “A gestão pública pode ser mais eficiente e atender melhor a nossa população, e esse é o objetivo da escola. Vamos oferecer capacitações, cursos profissionalizantes e especializações para que os gestores estejam cada vez mais preparados. Contar com tantos parceiros e com a presença da ministra Damares Alves, será uma grande honra para nós”, disse ela.

Em relação ao programa Famílias Fortes, o presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios-AMM, Neurilan Fraga, destaca a importância para os municípios de Mato Grosso, que deverão aderir, tendo em vista a prioridade dos gestores com a área social. “O programa se desenvolverá também no âmbito da saúde, educação e da assistência social, unindo as ações por meios das secretarias municipais”, observou Fraga, destacando que o programa federal é bem amplo e tem como foco a rede de proteção, fortalecendo a união no núcleo familiar. (Com AMM)

Digiqole ad

Roger - Mais Que Fato

http://www.maisquefato.com.br

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.