Retomada das obras do IFMT em Várzea Grande vai potencializar o Parque Tecnológico

 Retomada das obras do IFMT em Várzea Grande vai potencializar o Parque Tecnológico

Várzea Grande vai dar mais um significativo passo na consolidação do Parque Tecnológico que reunirá indústria, empresas e um polo educacional em um centro de excelência que visa fomentar a geração de emprego e renda, além de atender a demanda de setores da economia como agronegócio, comércio e a indústria.

 

Cumprindo agenda oficial, o ministro da Educação, Milton Ribeiro e o prefeito Kalil Baracat, visitaram as obras paralisadas do Campus Avançado do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso (IFMT). Na ocasião, o ministro teceu duras críticas à paralisação de obras como esta, que segundo ele tem condições de transformar o Brasil e a vida das pessoas e anunciou investimentos iniciais da ordem de R$ 16 milhões para reiniciar e concluir as mesmas.

 

Acompanhados pelo senador Wellington Fagundes, relator para a Educação, no Orçamento Geral da União (OGU) para 2022, Kalil Baracat frisou que: “É importante investir em nossos jovens, principalmente com uma instituição respeitada no cenário nacional. Estamos gratos com a visita do ministro e o anúncio da retomada desta obra, pois quem ganha é Várzea Grande e a região metropolitana e sua população, além da possibilidade de se capacitar mão de obra para o exigente mercado de trabalho”.

 

O Ministro de Estado da Educação, Milton Ribeiro na visita destacou que uma obra parada por tantos anos é bem preocupante, pois deteriora o patrimônio, além do desperdício com dinheiro público. “Em 1 ano e meio, já terminamos 1.520 obras que estavam paradas em um universo de 4 mil. Isso significa que são três obras e meia sendo concluídas por dia. Não temos dinheiro para desperdiçar. Nossa gestão é séria, a composição do MEC é a melhor, todos têm perfis técnicos e desenvolvemos um trabalho harmônico de transparência em benefício do cidadão. Minha missão é contribuir e servir a nação, vou devolver ao Brasil minha contribuição de vida. Hoje assumo o compromisso de finalizar a construção do campus de Várzea Grande”, sublinhou. O ministro pontuou que na pandemia os protagonistas foram os profissionais da saúde, já a pós pandemia, professores e profissionais da educação serão grandes protagonistas.

 

O senador da República, Wellington Fagundes destacou que a retomada da obra é feita por fundos do Ministério da Educação e informou ainda seu apoio ao IFMT na conquista de R$ 5 milhões da SUDECO para a implantação dos Centros de Vocação Tecnológicas (CVTs) da Amazônia e do Pantanal, a SUDECO inclusive iniciou a tramitação dos projetos para transferência de recursos.

 

O reitor do IFMT, Júlio Santos reforçou o trabalho em equipe, da Reitoria e do Campus Várzea Grande para retomada da obra. Também divulgou o lançamento do edital de licitação da obra do Campus Várzea Grande. Agradeceu a parceria com a prefeitura de Várzea Grande e do Ministério da Educação para a efetivação da obra paralisada.

 

Nesta primeira etapa da obra serão injetados cerca de R$ 6 milhões para conclusão do saguão, biblioteca e bloco administrativo. “A segunda etapa visa concluir 20 salas de aula e 14 sanitários. A última etapa é a efetivação da infraestrutura externa, urbanização e estacionamento. O instituto desenvolve em Várzea Grande o ensino médio integrado nas áreas de edificações, logística e desenho da construção civil, além do curso superior Tecnólogo de Gestão Pública. Com o prédio concluído iremos agregar o curso superior de Arquitetura e Mestrado em Desenvolvimento Urbano. A estimativa de conclusão da obra geral é de 2 anos”, destacou o diretor-geral do IFMT Campus Várzea Grande, João Bosco Lima Beraldo.

 

Evandro Aparecido Soares da Silva, reitor da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), ressaltou que o Campus da UFMT de Várzea Grande deve ficar pronto em 5 meses, obra essa que ficou paralisada por 5 anos. O polo de Várzea Grande é atendido temporariamente dentro das acomodações do Campus Cuiabá. “Com a visita do ministro vamos fortalecer o apoio para mais agilidade e celeridade na obra do município. Ao todo, temos 5 cursos voltados para as Engenharias em pleno desenvolvimento, sendo eles: Computação; Controle e Automação: Engenharia de Minas: Engenharia de Transportes e Engenharia Química”, explicou ele.

 

O Campus provisório do IFMT em Várzea Grande funciona em uma unidade escolar na Região Chapéu do Sol, com 11 salas de aula, 2 laboratórios de informática, 1 laboratório multifuncional, sala de professores, sala de reunião, biblioteca, salas administrativas e cantina. No Campus tem 1000 alunos matriculados em cursos regulares. O IFMT é uma instituição especializada na oferta de educação profissional e tecnológica atuando também na educação básica e superior na pesquisa e desenvolvimento em articulação com a sociedade.

 

O evento contou com a participação do secretário de Estado de Educação de Mato Grosso, Alan Resende Porto; prefeitos e vereadores de outras cidades de MT; equipe técnica do MEC; e representantes das instituições UFMT e IFMT e população geral.

 

Kalil Baracat sinalizou que Várzea Grande se encontra em uma posição geográfica privilegiada e que a chegada do Parque Tecnológico vai transformar a cidade em um berço na formação de mão de obra de excelência e atender as demandas pelos setores mais aquecidos da economia nacional como o agronegócio que hoje desponta como um dos mais importantes para a economia nacional e mundial.

 

“Todos os investimentos voltados para a Educação e para a consolidação econômica é essencial e fundamental e acredito e tenho a certeza de que o Brasil, os Estados e Municípios necessitam retomar obras e ações voltadas para o bem estar de todos. Não é admitido nestes tempos em que vivemos, obras paralisadas de qualquer natureza, ainda mais as públicas que visam ampliar os horizontes de oportunidades para todas as pessoas, cidades e país”, frisou o prefeito de Várzea Grande. (Com Prefeitura de Várzea Grande)

Digiqole ad

Roger - Mais Que Fato

http://www.maisquefato.com.br

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.