Vereador se reúne com ministro para discutir implantação de projetos do Governo Federal em Cuiabá

 Vereador se reúne com ministro para discutir implantação de projetos do Governo Federal em Cuiabá
Em reunião em Brasília, nesta terça-feira (11), o vereador por Cuiabá, Eduardo Magalhães (Republicanos), junto com o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), e o deputado federal Emanuel Neto (PTB) acertaram detalhes com o Ministro da Cidadania, João Roma Neto sobre a implantação, em breve de quatro importantes projetos do Governo Federal para a capital.

Os projetos em pauta são:

Banco de Alimentos


O Ministério da Cidadania mapeia os bancos de alimentos públicos, que têm a gestão feita por governos estaduais ou prefeituras, além das CEASAS, e monitora a atuação dos bancos associados à Rede Brasileira de Bancos de Alimentos, que somam, entre instituições públicas, privadas e da sociedade civil. Esses alimentos abastecem instituições sem fins lucrativos, e garante o recebimento e distribuição eficiente das doações de alimentos ganhou relevância ainda maior.

Programa de Aquisição de Alimentos (PAA)


O PAA adquire alimentos produzidos pela agricultura familiar, com dispensa de licitação, e os destina às pessoas em situação de insegurança alimentar e nutricional e àquelas atendidas pela rede socioassistencial e também para a rede pública de saúde e educação. A Prefeitura de Cuiabá disponibiliza uma van, e com uma balança de precisão, pesa o produto, e o Governo Federal realiza o pagamento direto na conta do produtor.

Programa Cisternas – captação de águas da chuva


O Programa Nacional de Apoio à Captação de Água de Chuva e outras Tecnologias Sociais (Programa Cisternas), financiado pelo Ministério de Desenvolvimento Social desde 2003, tem como objetivo a promoção do acesso à água para o consumo humano e para a produção de alimentos por meio da implementação de tecnologias sociais simples e de baixo custo. O público do programa são famílias rurais de baixa renda atingidas pela seca ou falta regular de água, com prioridade para povos e comunidades tradicionais. Para participarem, as famílias devem necessariamente estar inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal.

Crédito para cidadãos de baixa renda


O programa lançado pelo Governo Federal vai levar microcrédito à população de baixa renda. A expectativa é assinar 10 milhões de contratos até dezembro de 2022 e garantir R$ 40 bilhões em créditos para pessoas de baixa renda que queiram começar ou ampliar o próprio negócio.

De acordo com o vereador, “esse encontro é um retorno da visita que fiz mês passado em Brasília e conheci esses projetos voltados para pequenos produtores da área rural e urbana de Cuiabá, gerando renda, emprego e riquezas”.

Digiqole ad

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *